Polí­tica

O governador eleito Marcelo Miranda (PMDB) e a senadora Katia Abreu (PMDB) encaminharam notas onde negam veemente qualquer rompimento ou mal estar entre os dois. As informações de mal estar político entre os dois foram passadas pelos próprios aliados de Marcelo.  Nesta quinta-feira, 1º de janeiro, Marcelo assume o governo e afirmou em nota que: “as tentativas maldosas de gerar intriga e desunião não abalam a convicção das forças que se uniram para transformar o Estado e promover as mudanças que o Tocantins precisa e o povo tanto deseja”, disse.

Também em nota Katia Abreu explicou que  nunca fez exigências de cargos ou posições na futura administração, respeitando a competência constitucional do governador eleito Marcelo Miranda, delegada pela população do Estado. “a senadora Kátia Abreu, por ultimo, reitera o seu apoio ao governador Marcelo Miranda na tarefa de recuperação do Estado, seja no Ministério da Agricultura ou nos demais órgãos do governo federal, assim como na articulação junto à bancada do Tocantins no Congresso Nacional, em benefício da população do nosso Estado”, informou a senadora através da nota.

Também em nota o deputado federal Irajá Abreu, presidente do PSD afirmou: “apesar de não participar diretamente do Governo, o PSD deseja êxito na administração de Marcelo Miranda, reiterando o compromisso por um Tocantins forte e em apoiar o setor considerado essencial, vocação natural do Estado, a agropecuária, não prosperando quaisquer ilações contrárias que possam induzir cisões partidárias na aliança vitoriosa de 2014”, informou.

Veja a nota de Marcelo Miranda:

A respeito de informação divulgada nos sites de hoje (31)​, o governador Marcelo Miranda nega qualquer tipo de rompimento ou divergência na coligação vitoriosa que assumirá o comando do Tocantins a partir deste 01º de janeiro de 2015.

As informações, da forma que foram expostas, refletem a insatisfação de setores contrariados com as mudanças que ocorrerão neste Estado, respaldadas nas urnas pela população tocantinense e, ainda, com a repercussão nacional de dois grandes momentos históricos do Tocantins: o retorno de Marcelo Miranda ao Governo do Estado e o anúncio do nome da senadora Kátia Abreu para ocupar vaga no Ministério da Agricultura.

As tentativas maldosas de gerar intriga e desunião não abalam a convicção das forças que se uniram para transformar o Estado e promover as mudanças que o Tocantins precisa e o povo tanto deseja.

Assessoria de Comunicação do Governador Marcelo Miranda

Veja a nota de Katia Abreu:

Nota à População  

A senadora Kátia Abreu repudia com veemência a noticia veiculada de forma unilateral nesta quarta, 31 de dezembro, por um portal de notícias da Capital, fazendo uso conhecido de abordagem superficial e maledicente,  induzida por seus adversários, para dar a divergências de cunho partidário e ideológico  o caráter de ação divisionista.

Dar à discussão sobre soluções para os problemas do Estado caráter de disputa casuística por cargos como induz a publicação é desconsiderar propositadamente a história política da senadora Kátia Abreu fundada em projetos e idéias.
Informa também a senadora Kátia Abreu que, respeitando a autonomia partidária, em nenhum momento fez qualquer gestão por participação do PSD no governo, partido presidido no Estado pelo deputado federal Irajá Abreu. Ressalta, ainda, a Senadora que nunca fez exigências de cargos ou posições na futura administração, respeitando a competência constitucional do governador eleito Marcelo Miranda, delegada pela população do Estado.

A senadora Kátia Abreu, por ultimo, reitera o seu apoio ao governador Marcelo Miranda na tarefa de recuperação do Estado, seja no Ministério da Agricultura ou nos demais órgãos do governo federal, assim como na articulação junto à bancada do Tocantins no Congresso Nacional, em benefício da população do nosso Estado.

Palmas, 31 de Dezembro de 2014

Por: Redação

Tags: Irajá Abreu, Kátia Abreu, Marcelo Miranda