Polí­tica

Foto: Divulgação

Após eleito para mais um mandato à frente da Assembleia Legislativa o deputado estadual Osíres Damaso (Democratas) desabafou e respondeu várias críticas feitas por alguns parlamentares governistas. Damaso foi eleito com 14 votos e o governista Eli Borges (Pros) teve apenas 10. A vice-presidente é Luana Ribeiro.

Ele disse que fará um mandato com responsabilidade e coerência. “ Todos os deputados podem ter certeza que essa presidência jamais tirará o direito de vocês vou ser o mais coerente possível”, frisou. O presidente reconheceu que a legislatura poderá ter debates inflamados mas frisou que primará sempre pela ordem.

Damaso frisou que passou por momentos difíceis durante os últimos 15 dias de campanha à presidência. “ Tentei conversar com todos para formarmos uma mesa com consenso de todos os deputados”, revelou.

O presidente ainda chegou a dizer: “fui atacado, tentaram levar meu nome à lama mas sou filho de pessoas humildes e alcancei êxinto na minha vida particular sem atacar ninguém. Foram muitas palavras que me atacaram mas na minha gestão não tem nada de ilítico”, respondeu sobre pagamentos da sua gestão que foram questionados pelo deputado José Bonifácio (PR).

Damaso explicou que o Siafem só ficou aberto para pagamentos no dia 16. “Tudo o que foi pago foi licitado. Antecipo meu perdão a você Bonifácio e a resposta para suas acusações virá pelo TCE quando minhas contas da presidência forem aprovadas”, frisou.

Após eleição ocorrida na Assembleia Legislativa do Tocantins na tarde deste domingo, dia 1º de fevereiro de 2015, ficou assim composta a nova mesa diretora para comandar os trabalhos da 8ª Legislatura, no biênio 2015/2017:

Presidente – Osires Damaso (DEM)

1º Vice-presidente – Luana Ribeiro (PR)

2º Vice-presidente – Mauro Carlesse (PTB)

1º Secretário – Jorge Frederico (SD)

2º Secretário – Elenil da Penha (PMDB)

3º Secretário – Júnior Evangelista (PRTB)

4º Secretário – Olyntho Neto (PSDB)

Confira todas as matérias relacionadas