Polí­tica

Foto: Divulgação

O atual presidente da Associação Tocantinense de Municípios – ATM, prefeito de Brasilândia, João Emídio, faz um levantamento minucioso para estimar as dívidas deixadas pela gestão anterior, que teve a frente o prefeito de Almas, Leonardo Cintra (PSDB) na entidade. Segundo ele afirmou ao Conexão Tocantins ainda não há um valor estimado porém são muitas as dívidas. “Não sei ainda quanto é porque ainda estamos levantando mas toda dívida significa que a gente tem que dar três passos para trás e prejudica a saúde financeira da entidade”, disse.

Segundo Emídio é preciso saber com exatidão a situação financeira e jurídica da entidade. Uma comissão de transição é a responsável por todos os dados.

O presidente disse que paralelo ao levantamento já está tomando as providências e dialogando com o Estado sobre o repasse para os municípios. “Estive na Seduc conversando a questão do transporte escolar que os municípios ainda não receberam e também buscando a dívida dos municípios com a saúde”, disse.

O Conexão Tocantins ligou por várias vezes com o ex-presidente da entidade para ouvi-lo sobre o assunto porém não obteve sucesso. O espaço continua aberto para as explicações.

Hoje mais de 100 prefeitos são filiados a entidade e tem direito a alguns serviços como assessoria jurídica, hotel, dentre outros.

Por: Redação

Tags: ATM, João Emídio, Leonardo Cintra