Cultura

Foto: Elias Oliveira

Com o intuito de atender as demandas dos produtores audiovisuais tocantinenses a equipe gestora da Secretaria da Cultura recebeu na quinta-feira, 19, alguns representantes do setor audiovisual do Estado.

A primeira pauta de discussão foi um edital que deverá ser lançando até dia 30 de março, numa parceria do estado do Tocantins com a Agência Nacional do Cinema – Ancine, por meio do Fundo Setorial do Audiovisual – FSA, que destinará R$ 1,5 mi para produções locais.

O servidor da cultura, Cláudio Nogueira disse que o diálogo com a classe é fundamental: “Não existe motivo para lançarmos um edital audiovisual se ele não entende as demandas dos produtores locais” concluiu.

Os produtores que estiveram presentes na reunião ressaltaram a importância de participar da concepção do edital e afirmaram que o Tocantins está passando por um processo de amadurecimento de suas produções audiovisuais. “Muita gente acha que para fazer cinema uma ideia na cabeça e uma câmera na mão bastam, mas nós precisamos de condições dignas para trabalhar, para poder remunerar os componentes da equipe e concorrer com as produções nacionais, disse o produtor cultural Caio Bretas.

Também na reunião foram discutidos a quantidade e os valores dos prêmios que irão constar no edital. O documento final receberá a aprovação da Ancine para sua publicação. (Ascom/Seduc)