Estado

Foto: Divulgação

A maioria dos aprovados em concurso para fiscal de trânsito do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), continuam sendo desviados de função, segundo os próprios profissionais informam ao ConexãoTocantins. De acordo com os aprovados, o Governo os trata como se não existissem, “botando na geladeira mesmo”, afirmou um aprovado que prefere não se identificar.

Segundo candidatos, até o momento foram classificados como aprovados cerca de 190 candidatos, dos quais, apenas 20 realizaram o curso de formação e exercem a função. “O restante nenhum. Quem tem o curso está exercendo a função”, afirmou. Alguns aprovados, inclusive, desistiram de aguardar por causa, segundo eles, da “enrolação”, segundo informaram aprovados ao Conexão Tocantins.

Os aprovados no concurso que não estão em exercício da função realizam tarefas em balcão de atendimento, entrega de senha, expedição de CNH, entre outros. Há aproximadamente sete meses, os aprovados haviam reclamado e o Detran informado que os fiscais trabalham nos diversos setores do órgão para conhecimento dos serviços prestados pelo órgão. O Detran ainda havia informado que estava sendo preparado um curso para os servidores efetivos empossados no cargo de fiscal de trânsito para o segundo semestre de 2014, visando oferecer melhores condições técnicas de ação, conhecimento sobre as necessidades do trânsito e de estar preparado para bem atender as demandas relacionas à fluidez e segurança nas vias urbanas. Até o momento, segundo os aprovados, eles continuam em desvio e sem o curso de formação.

O Conexão Tocantins procurou o Detran e solicitou novo posicionamento desde a última sexta-feira, 06 de março, no entanto, até o fechamento desta matéria o órgão não posicionou-se.