Campo

Foto: Joatan Silva

A cultura do milho tocantinense ganha destaque na produção de grãos na primeira e segunda safra. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) prevê no 7º levantamento da Safra de Grãos 2014/2015, um aumento significativo de 14,5% para safra 2014/2015, bem acima da média nacional que deve sofrer uma queda na produção de –1,3%. Na safra 2013/2014, o Tocantins produziu 683,5 mil toneladas, saltando para 782,3 mil toneladas para esta safra.

O crescimento é previsto também na área cultivada. Na safra anterior foram cultivados 151,9 mil hectares, com previsão de crescer 172,9 mil hectares, um aumento de 13,8% na área plantada para a Safra 2014/2015.

Segundo o engenheiro agrônomo da Secretaria Estadual da Agricultura e Pecuária (Seagro), Genebaldo Queiroz, as tecnologias agrícolas utilizadas pelos produtores vêm mostrando aumento na produtividade da cultura. “Na safra 2013/2014 eram 4.500 quilos por hectares, e nesta safra deve chegar a 4.525 quilos por hectares, um crescimento de 0,6 % na produtividade do milho”.

De acordo com o engenheiro agrônomo essa produção positiva é fruto de diversos aspectos. “Os produtores estão apostando na produção do milho, principalmente, pelo clima tocantinense favorável, e o preço do milho mantém cotação econômica positiva, gerando boas perceptivas para investimento no grão”, definiu.

A cultura do milho tocantinense é possível produzir duas safras, sendo 36% da produção da primeira safra e, 64% na segunda safra. As regiões de maiores produções localizam nos municípios de Campos Lindos e Porto Nacional.