Palmas

Foto: Divulgação

O promotor da área de Patrimônio público,  Edson Azambuja instaurou procedimento para apurar a regularidade do contrato da prefeitura com a Infoslo. O procedimento foi aberto dia 27 de março e as informações requisitadas dia 27 de abril. O prazo de 10 dias para o Paço prestar as informações começou a correr dia 28 de abril e vai até o dia 8. Foram solicitadas pelo promotor todas as informações referentes à licitação e ao contrato.A Infosolo é a empresa responsável pelo estacionamento rotativo da capital implantado em fevereiro.

Nesta  quarta-feira, 30, houve protesto de comerciantes da JK e dois grupos se revezaram nas duas entradas de acesso à Avenida JK e houve início de tumulto com a manifestação que reascendeu a polêmica sobre o estacionamento rotativo.

O presidente da Câmara de Palmas, Rogério Freitas foi quem anunciou em primeira mão ao Conexão Tocantins que as alterações serão feitas. O prefeito Carlos Amastha se reuniu com os representantes da Empresa Infosolo e cobrou melhorias no sistema. “É importante que haja esse diálogo e que juntos encontremos soluções que beneficiem à população palmense”, enfatizou o gestor sobre o assunto.

Reivindicações e mudanças

Os manifestantes querem tolerância de 30 minutos para a cobrança mínima, que o valor por hora caia de dois para um real além da liberação de cobrança aos sábados. Os comerciantes pedem ainda a liberação de cobrança para veículos de carga e descarga além de idosos e deficientes e o uso dos minutos em outras vagas. Os reivindicantes sugerem ainda a cobrança somente das 10 às 16 horas.

Já as mudanças anunciadas pela prefeitura foram a isenção de cobrança de tarifa aos sábados por 120 dias. Ainda no mesmo prazo, a empresa deve acrescentar totens (parquímetros) que permitirão o pagamento com cédulas, moedas ou cartões de débito e crédito.

Serão disponibilizados até junho, segundo informou a prefeitura, vendas em pontos credenciados que substituirá o pagamento em espécie aos agentes de estacionamento. Ainda está previsto um bônus de duas horas para todos os usuários e novos cadastrados via Smartphone e a isenção de cobrança nas vagas de carga e descarga pelo período de duas horas.