Estado

Foto: Divulgação

Respeito à diversidade sexual e de gênero e violência contra a população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) serão temas da audiência pública que a Secretaria de Defesa e Proteção Social (Sedeps), em parceria com a Comissão de Defesa e Promoção dos Direitos Humanos da População LGBT, estará realizando na segunda-feira, 8, no auditório da Assembleia Legislativa do Estado do Tocantins, em Palmas, a partir das 14h30.

Segundo a titular da Sedeps, Gleidy Braga, na audiência pública se pretende dar voz a essa comunidade. “O objetivo é ouvir esse público e registrar suas demandas para a construção de políticas públicas que atendam suas necessidades, integrando as ações de Governo de garantia de seus direitos” afirma.

Para a a diretora de Direitos Humanos da Secretaria, Maria Vanir Ilídio, o evento também será uma oportunidade de se ampliar o diálogo com esse público e promover a inclusão social de uma parcela muito significativa da população. Caravanas com representantes de movimentos LGBT de vários municípios do Estado, a exemplo de Araguaína, Gurupi e Porto Nacional se organizam para participar da audiência.

Indicadores

Conforme dados do Grupo Gay da Bahia de 2014, o Tocantins encontra-se entre os cinco estados brasileiros com maior índice de violência letal contra a população LGBT. Já um estudo realizado pela Universidade Federal do Tocantins (UFT), em 2010, revela que o ambiente doméstico e o serviço público são os locais mais identificados pela população LGBT como discriminatórios em relação à orientação sexual e à identidade de gênero, com o agravante da indefinição de políticas públicas específicas de combate à violência contra essa população no estado. 

“Precisamos promover a todos,  o livre acesso às informações necessárias para uma sociedade livre de preconceitos e promotora da diversidade humana”, diz o gerente de Políticas e Proteção da Diversidade Sexual da Sedeps, Wanderson Lira.

Programação

14h30 às 16h30

Painel 1 – Indicadores da Violência e Discriminação contra a população LGBT no Brasil e no Tocanitns

·        Gleidy Braga – Secretária da Defesa e Proteção Social

·        Bruna Andrade Irineu – Professora; pesquisadora da UFT

·        Fernanda Bevenutty – Militante da Articulação Nacional de Travestis e Transexuais

Debatedora: Karoline Soares Chaves – Militante do Coletivo LésBiToca e da Articulação Brasileira de Lésbicas

Coordenador: Denis Casima – Ativista do Movimento Nacional pela Moradia

14h30 às 19h30

Painel 2 – Violação dos Direitos da População LGBT na Saúde, Educação, Assistência Social e Segurançça Pública no Tocantins

·        Mariana Rodrigues – Militante do Coletivo e da Liga Brasileira de Lésbicas

·        .Fernando Vieira – Militante do Institudo Brasileiro de Transmasculinidades

·        Tatyane de Miranda Costa – Ativista do grupo Jovens Vivendo e Convivendo com o HIV/Aids

·        Lucas Nunes – Ativista do Movimento Kizomba Arco-Íris

·        Branshon Andrade Oliveira – Ativista do Movimento Universitário pela Diversidade Sexual

Debatedor: Rubenilson Araújo – Pesquisador e professor da UFT

Coordenador: Wandersom Lira – Gerente de Políticas e Proteção da Diversidade Sexual da Sedeps