Estado

Foto: Divulgação

O Serviço de Inteligência e de Segurança da Secretaria Estadual da Defesa e Proteção Social (Sedeps) recebeu a informação de que haveria um túnel sendo cavado no Pavilhão A da Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPP). Com isso uma equipe de agentes penitenciários adentrou no pavilhão e localizou um túnel de cerca de 5 m na cela 17.

Logo no mesmo dia, os agentes notaram alteração na rotina carcerária dos presos que estavam no Pavilhão B, diante disso foi feita uma incursão pela equipe de segurança também no Pavilhão B e em uma das celas foi encontrado um túnel com dimensões maiores, 7 m, esse sim poderia ser usado pelos detentos para empreender fuga na data de ontem, 19. 

A perícia nos túneis foi realizada na manhã do dia 20 e a concretagem à tarde.

Segundo o gerente de Inteligência Prisional da Sedeps, Renato Mendes Arantes, após a descoberta desses túneis foi instaurando um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para identificar a autoria da ação com a finalidade de que os responsáveis recebam as devidas sanções.