Estado

Foto: Samuel Daltan

Durante visita ao Hospital Geral de Palmas (HGP), o juiz federal substituto Cristiano Mauro informou a médicos e à diretora geral do Hospital, Renata Duran, que a Justiça Federal, no Tocantins, por meio da 3ª Vara/Juizado Especial Federal (JEF), está realizando o cadastro de médicos interessados nos trabalhos de perícia judicial. O objetivo da Seção Judiciária do Tocantins (SJTO) é criar um banco de dados com profissionais de todas as especialidades necessárias. O encontro ocorreu nesta quarta-feira (22).    

Os médicos poderão atuar como peritos judiciais, principalmente, nos processos previdenciários – a maior demanda da Justiça Federal em todo o Estado. Durante a visita ao HGP, o juiz Federal Substituto da 3ª Vara Federal destacou a importância social do trabalho de perito da Justiça. “Queremos que os médicos saibam que além do serviço remunerado, eles irão fazer um serviço social muito importante e contribuirão com o trabalho da Justiça”, explicou. O valor da remuneração por cada perícia é determinado por meio de tabela específica do Conselho da Justiça Federal (CJF).  

A diretora geral do HGP, Renata Duran, disse que “muitos (médicos) irão se interessar, pois eles gostam de trabalhar para a Justiça”. As designações de perícias nos processos judiciais serão organizadas em pautas fixadas pela Justiça Federal que, na medida do possível, buscará harmonizá-las com a agenda particular de cada médico.

Ao final do encontro com a Diretora do hospital, o juiz Federal se dispôs a participar de outros encontros com a classe médica para explicar sobre a importância dos trabalhos de perícia judicial para a comunidade. O diretor da 3ª Vara Federal Wandelmir Rodrigues também participou da visita ao HGP.

Especialidades

A maior demanda de perícias nas ações judiciais no âmbito da Justiça Federal no Tocantins abrange as seguintes especialidades: cardiologia, oftalmologia, gastroenterologia, neurologia, psiquiatria, ortopedia, oncologia, proctologia, endocrinologia, hepatologia, otorrinolaringologia e doenças tropicais.

Cadastro de médicos

O cadastro dos médicos interessados deve ser realizado pela internet, através do site www.jfto.jus.br. Ao acessar o endereço eletrônico, o médico deverá clicar em “serviços”, localizado na barra lateral e depois em “AJG – Assistência Jurídica Gratuita”. Após seguir esse caminho, o interessado deverá clicar em “Acesso para Advogados, Peritos, Tradutores e Intérpretes” e realizar o cadastro.

No local também está disponível o edital com a lista da documentação exigida e o procedimento completo para conclusão do credenciamento. (Ascom Justiça Federal)