Polí­tica

Foto: Divulgação Cláudio Dallabrida foi vítima de um câncer Cláudio Dallabrida foi vítima de um câncer

O Partido dos Trabalhadores do Tocantins lamentou nesta quarta-feira, 29, por meio de nota a morte do militante político Cláudio Dallabrida ocorrida ontem em Porto Alegre/RS. Dallabrida, que foi presidente do Diretório Estadual do PT no Estado, faleceu aos 54 anos, vítima de um câncer.

Atualmente o militante estava filiado ao PSOL Tocantins. Ele mudou-se para o Tocantins na década de 90, onde foi funcionário do Banco do Brasil na capital Palmas por mais de 20 anos.

Confira abaixo a nota na íntegra assinada pelo presidente regional do PT, Júlio César Brasil.  

Nota de Pesar

É com muito pesar, que o Partido dos Trabalhadores (PT) do Tocantins recebe a notícia do falecimento do companheiro Cláudio Dallabrida, aos 54 anos, vítima de um câncer. Dallabrida faleu ontem, 28, por volta de 15h30 em Porto Alegre –RS, onde está sendo velado e será sepultado.  

Cláudio Dallabrida era jornalista e economista, casado com dona Raquel e pai de 3 filhos. Foi presidente do Diretório Estadual do PT, sendo um dos pioneiros do partido em Palmas. Era militante dos direitos humanos, sindicalista, colaborador atuante dos movimentos e das causas sociais e atualmente filiado ao PSOL.

Gaúcho, ele mudou-se para o Tocantins na década de 90. Foi funcionário do Banco do Brasil em Palmas por mais de 20 anos, trabalhou com programas de voluntariado, era muito religioso e ligado à família.

Homem honrado e ético, Dallabrida era muito respeitado pela sua postura e atuação na defesa dos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras.

Solidarizamos-nos com os familiares e amigos e pedimos que Deus os ampare neste tão doloroso momento.

Palmas-TO, 29 de julho de 2015

Julio César Brasil

Presidente do PT do Tocantins