Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual líder do governo estadual, Paulo Mourão (PT) conversou com o Conexão Tocantins na manhã desta segunda-feira, 24, e confirmou que o governo estadual pretende fazer uma reforma administrativa. “Desde o inicio do governo o governador disse que faria reavaliação de metas, discussão de programas novos e avaliação de resultados, principalmente agora no segundo semestre”, disse.

O parlamentar frisou que o processo tem sido conduzido pelo governador Marcelo Miranda (PMDB). “Não sei dizer a amplitude nem onde serão feitas as adequações”, frisou o parlamentar que disse, inclusive, ter dado sugestões. “Com o comprometimento da despesa corrente liquida de pessoal, o governo tem sido apenas um gerente de despesas publicas é preciso urgente corrigir isso este ano ainda”, disse.

Ao relembrar que a situação foi herdada pela atual gestão, Mourão disse ainda que o governo e até as entidades sindicais e categorias de servidores públicas são “vítimas da má gestão e do processo politiqueiro”, avaliou.

Muitas especulações rondam nos bastidores sobre supostas mudanças e cortes que devem ser feitos pelo governador Marcelo Miranda, porém, nada de oficial até o momento foi confirmado. A redução de secretarias tem sido inclusive sugerida por alguns deputados da própria base do governo. Os parlamentares foram ouvidos em dois encontros com o governador Marcelo Miranda, realizados na semana passada e que contou com a presença de 18 parlamentares, maioria absoluta dos 24 deputados. 

Desde que assumiu o governo vem fazendo cortes e economia na máquina pública, inclusive, com relação a contratações já que a estrutura atual foi enxuta.

Reunião

O governador Marcelo Miranda reúne o secretariado nesta segunda-feira, 24, para discutir as linhas gerais de elaboração do Plano plurianual (PPA) 2016/2019. A reunião será às 15 horas na sala de reuniões do Palácio Araguaia. (Atualizada às 11h33min)