Polí­tica

Foto: Divulgação

Os servidores do Fisco no Estado lotaram as galerias da Assembleia Legislativa do Tocantins na manhã desta terça-feira, 1º de setembro, para acompanhar votação de Medida Provisória do governador Marcelo Miranda que tramita na Casa e que trata de benefícios da categoria. Com coletes s

O deputado do PMDB, Nilton Franco que também é da categoria ressaltou que é preciso que a matéria seja votada ainda hoje e sugeriu sessões conjuntas nas comissões para analisar o projeto. “Precisamos dar agilidade a isso”, pediu.

O deputado José Bonifácio (PR) disse ter certeza que a MP trará entendimento da categoria. “vamos vencer essa luta por unanimidade”, disse ao agradecer o governador por ter encaminhado a MP.

A medida provisória que altera o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR) dos auditores fiscais da Receita Estadual. De acordo com o Governo do Estado, a medida reposiciona os servidores da terceira para a quarta classe da tabela, mas sem acréscimos de valores nos subsídios.

“A delicada situação econômico-financeira em que o Estado se encontra inviabiliza, no momento, a concretização da promoção”, afirma o governador Marcelo Miranda (PMDB) em mensagem enviada à Assembleia. O texto informa ainda que a proposta conta com o apoio da categoria e representa o resultado de acordo entre os auditores e o Governo do Estado.