Palmas

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Palmas, por meio da Comissão Permanente de Licitação da Secretaria de Finanças vai credenciar no período de 20 a 30 de setembro, empresas especializadas em serviços de remoção de veículos - guincho- envolvidos em infrações de trânsito e abandonados em via pública com atuação em todo município de Palmas pelo período de um ano. Os dados estão no Diário Oficial do Estado, edição dessa quarta-feira, 17. 

O aviso de licitação foi assinado no último dia 14 por Antonio Luiz Brito, presidente da Comissão Permanente de Licitação. Segundo o informado, a documentação para credenciamento deverá ser entregue no horário das 8:00h às 12:00h e das 14:00h às 18:00h, na Superintendência de Compras e Licitações localizada na Quadra 802 Sul, Prédio do Instituto de Previdência Social do Município de Palmas. 

O edital poderá ser examinado no portal.palmas.to.gov.br ou retirado pelos interessados no endereço acima, em horário comercial, em dias úteis. Para maiores informações, as empresas devem acessar o e-mail cplpalmas@gmail.com. 

Críticas

O sistema de guincho em Palmas já foi bastante criticado, principalmente pelos políticos. O deputado Olyntho Neto (PSDB) chegou a pedir informações ao prefeito da Capital, Carlos Amastha, com relação à cobrança do serviço de guincho em Palmas. O deputado ficou aborrecido por ter seu veículo guinchado, quando soube que o valor da multa aplicada de R$ 130,00 teria que ser pago em espécie numa lanchonete. Olyntho defendeu que qualquer taxa de serviço municipal deve ser paga por meio de uma guia da Prefeitura e não de outro estabelecimento. 

Na Câmara de Palmas, os vereadores também salientaram a ilegalidade e favorecimento de terceiros