Cultura

Foto: Emerson Silva

O palco Fecoarte contou com a presença de dois grandes músicos tocantinenses na programação dessa sexta-feira, 25. Luiz Tupiniquim e Léo Pinheiro levaram som de qualidade a uma plateia animada.

Diretamente de Araguaína, Luiz Tupiniquim revisitou sucessos de grandes nomes da MPB, da música nordestina, do samba, do rock e da bossa nova e reviveu clássicos como Pra não Dizer que não falei das flores, de Geraldo Vandré, e Garota de Ipanema, de Tom Jobim e Vinicius de Moraes.

Figura conhecida e reconhecida no meio artístico e cultural do Tocantins, sempre trabalhou e viveu da música. Entre uma música e outra, o artista também contou um pouco sobre a história dos ritmos brasileiros para o público que apreciava o show e disse estar feliz em subir aos palcos palmenses. “É um prazer estar aqui com vocês. Quero agradecer à Secretaria da Cultura por dar a dignidade e a valorização que os artistas tocantinenses merecem”, e declarou “Viva a música brasileira”.

Léo Pinheiro fechou a noite no palco Fecoarte relembrando sua infância e o início da sua carreira, com clássicos da música sertaneja. Nascido em Goiás, mas criado no Tocantins, na cidade de Paraíso, o artista cresceu ouvindo sertanejo em rádio e reviveu essas lembranças ao tocar o sertanejo romântico, mas com a influência da música nordestina.

O show do músico reuniu personalidades e grandes nomes da música tocantinense na plateia. Genésio Tocantins, Juraildes da Cruz, J. Bulhões, Manoel Braga, Josifran Melo, o homenageado do Salão do Livro, Tião Pinheiro, e a presidente da Redesat, Valéria Kurovski, foram alguns nomes que prestigiaram o cantor.