Estado

Foto: Divulgação Bombeiros tentam resgatar animais que ficaram atolados ou ilhados no Distrito de Bento Rodrigues, em Minas Gerais Bombeiros tentam resgatar animais que ficaram atolados ou ilhados no Distrito de Bento Rodrigues, em Minas Gerais

Em virtude da tragédia provocada pelo desastre ambiental ocorrido no distrito de Bento Rodrigues no município de Mariana/MG, em que o rompimento de duas barragens causou prejuízos aos moradores daquela cidade, a Defesa Civil Estadual e o Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins, estão acompanhando o desenvolvimento dos trabalhos das equipes de resgate que estão atuando junto aos desabrigados e na procura por pessoas desaparecidas. O Tocantins está de sobreaviso e poderá ajudar na arrecadação de doações para as vítimas da tragédia.  

De acordo com a Defesa Civil e Corpo de Bombeiros do Tocantins, por enquanto, as vítimas estão abastecidas por doações do próprio estado e outros. Se as doações passarem a não ser mais satisfatórias, o Tocantins poderá iniciar uma campanha de doações. “Estamos em constante diálogo com estas equipes. Caso surja uma demanda maior que necessite da mobilização de outros estados, estaremos empenhados na mobilização da comunidade tocantinense para colaborar nas ações humanitárias”, afirmou o comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Dodsley Yuri Tenório Vargas. 

Saiba Mais

A tragédia em Mariana foi causada pelo rompimento de duas barragens na unidade industrial de Germano, localizada entre os distritos de Mariana e Ouro Preto, a cerca de 100 km da capital Belo Horizonte. Até o momento foram identificadas quatro mortes e outras 22 pessoas continuam desaparecidas.