Estado

Foto: Divulgação

Às vésperas das eleições, a chapa OAB Para Todos, de Gedeon Pitaluga, candidato à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil-Seccional Tocantins (OAB-TO), tem percorrido o Estado, de norte a sul, leste e oeste, discutindo a advocacia e recebendo cada vez mais adesões à candidatura propositiva e democrática, que pretende quebrar paradigmas e desenvolver uma gestão moderna, transparente e ética.

Neste fim de semana, 21 e 22, foi o norte do Tocantins que recebeu mais uma vez a chapa OAB Para Todos, onde mais advogados aderiram aos mesmos propósitos de Gedeon e seu grupo.

 Em Araguaína, o sentimento de renovação e inclusão só aumentam. "Já havia declarado meu apoio ao Quezado e ao Gedeon, mas depois que fui ao debate dos candidatos aqui em Araguaína tive a convicção de que ele é o mais preparado para presidir a Ordem. Possui uma trajetória classista e era o suporte que o advogado que está iniciando precisa. O que vimos no final da atual gestão é o abandono, não temos a quem recorrer", disse o advogado Luiz Fernando Nunes. A advogada Renata Cardoso, que recentemente veio do Rio Grande do Sul para atuar no Tocantins, afirmou que ter chegado ao Estado no período das eleições foi uma oportunidade de iniciar a carreira participando do importante processo de transformação na OAB-TO. " Tem 15 dias que peguei minha carteira, e cheguei aqui nesse cenário, e já analisei os candidatos e as propostas dos candidatos e já pude perceber, sem muitos esforços, quem irá nos representar melhor. Vi também as necessidades da subseção de Araguaína. A propostas do Gedeon vão atender melhor à essas necessidades. Pude conhecê-lo e constatar que ele é jovem, cabeça aberta, apoia o advogado em início de carreira e isso pra mim é primordial", afirmou a advogada.

Em Tocantinópolis, advogados da região se reuniram para ouvir as propostas de inclusão e representação qualificada de todos os setores da advocacia e advogados do interior da chapa OAB Para Todos. Propostas como expansão e interiorização de serviços prestados pela OAB-TO, CAATO e ESA e a instituição da comissão de advogados do interior para interligar os municípios desprovidos de subseções e a Seccional, a criação do programa de centros de inclusão digital em todas as subseções do Estado, qualificando os advogados para utilização e manuseio dos programas digitais disponibilizado pelo poder judiciário, com apoio do Conselho Federal da OAB, FIDA e Concad, além da realização de sessões do Tribunal de Ética e Disciplina e do Conselho Estadual de forma descentralizada, prestigiando as subseções do interior.

A advogada Faelma Teles comentou um episódio em que teve as prerrogativas violadas e a Ordem não lhe representou. "Abri chamados na OAB-TO e até hoje não tive resposta. A minha imagem foi prejudicada por exercer o ofício da minha profissão.  Tive a oportunidade de conversar com o Gedeon  e foi a única pessoa que se sensibilizou,  sentou pra conversar comigo e me ajudar. Tenho certeza que como presidente ele irá nos representar mais ainda", afirmou.

Para Gedeon Pitaluga "se a advocacia já é um exercício difícil como profissional, no interior é mais difícil ainda, e isso é uma das minhas grandes motivações, como tocantinense que sou, de representar a advocacia de todo o Estado porque sei da importância disso. Mais que um compromisso eleitoral é um compromisso de vida, porque o meu compromisso não depende de cargo. Toda reivindicação que venha, principalmente do extremo norte e sudeste do Estado, regiões que tem muita dificuldade de atuação, serão atendidos e valorizados, porque com isso fortaleceremos a advocacia", finalizou Gedeon.

Debates, entrevistas e visitas

Nesta segunda- feira, 23, a Chapa OAB Para Todos visitou as Secretarias de Educação e Cultura, Habitação e Esporte, Administração e de Trabalho e Ação Social para apresentar as propostas e promover o diálogo propositivo em prol da advocacia tocantinense. Às 17hs, o grupo da Chapa OAB Para Todos visita o Procon. Às 18h, Gedeon Pitaluga participa do último debate, antes das eleições, no programa do Marcão, da Rádio Jovem Palmas. Será mais uma oportunidade para a advocacia analisar os candidatos e escolher o mais preparado para presidir a Ordem. Gedeon Pitaluga foi o único que compareceu a todos os debates que os candidatos foram convidados. Walter Ohofugi fugiu de dois debates em Gurupi, na última semana, em programas de rádio da 104, 9 e de televisão, no programa O Povo na TV, do SBT.  Pela ausência da oposição, os programas seguiram em formato de entrevista.  Ainda hoje, às 20h30, Gedeon Pitaluga participa de entrevista na rádio estudantil da UFT.

Nesta terça-feira, 24, véspera das eleições da OAB-TO, a chapa OAB Para Todos visita a Secretaria de Infraestrutura e Dertins e participa na RedeSat de programa de rádio às 7h20 e às 18h em programa de TV da emissora, finalizando as discussões propositivas e qualificadas com a advocacia.