Economia

Foto: Divulgação

O acompanhamento constante da Superintendência Estadual de Proteção aos Direitos do Consumidor (Procon Tocantins) nos 48 postos de combustíveis da Capital, com pesquisas semanais, está trazendo boas notícias. Esta semana, os resultados de pesquisa trouxeram novidades para os fiscais do Procon, que constataram um novo cenário em 26 postos, onde houve redução de preços da gasolina, que já foi encontrado a R$ 3,65 o litro na Quadra 501 Norte. Este mesmo representante estava tabelado em R$ 3,69 na semana passada.

Nos demais, há uma variação alcançando o maior preço de R$ 3,86. Comparando o preço assumido na venda da gasolina pela pesquisa anterior, o Procon detectou a maior redução no litro em um posto que comercializava a R$ 3,89. Na pesquisa atual, reduziu R$ 0,15 passando ao público o preço de R$ 3,74.

Etanol

Em sete revendedores, o preço do etanol caiu até R$ 0,10 e está sendo comercializado em posto da Quadra 308 Sul a R$ 2,78, o menor preço encontrado. Porém, correndo na contramão, quatro pontos de venda de etanol aumentaram seus preços, constatando a pesquisa até R$ 0,23 por litro.

Para o gerente de Fiscalização do Procon, Magno Silva, enquanto a maioria dos postos de combustíveis acolhe a proposta de redução dos preços e com isto elevam suas vendas, outros não aderem ao movimento e, a partir deste fato, o Procon vai fiscalizar as razões do aumento ou da manutenção do preço por litro de combustíveis, podendo autuar os mesmos.

Quanto ao diesel, a pesquisa aponta o preço mais barato em R$ 2,86 encontrado em posto na Quadra 712 Sul. O Procon pede aos consumidores que não joguem fora seu comprovante na aquisição do combustível e denunciem ao órgão sempre que a situação estiver fora da normalidade. O número é o 151. A pesquisa completa está disponível no site do Procon.