Esporte

Foto: Divulgação

Jonas Bilharinho tem um futuro promissor no MMA. No entanto, mesmo na juventude de seus 25 anos, o atleta da Team Nogueira/RJ vai subir na Arena Jungle com a bagagem de ser o único lutador a conseguir o cinturão em duas categorias do maior evento de MMA da América Latina: peso-galo e peso-pena. O evento será dia 30 de abril, em Palmas/TO, com transmissão ao vivo da Band e Bandsports.

De volta à organização um ano depois, Bilharinho tem a difícil missão de disputar o título dos penas (até 66kg) com Valdines Silva, atleta do Rio Grande do Norte que vem em uma boa sequência de cinco vitórias consecutivas, três delas pelo Jungle Fight. Invicto com sete vitórias na carreira, Jonas lutou pela organização em cinco oportunidades e conseguiu quatro nocautes. No último, em abril de 2015, ele acertou um lindo chute alto em Fabiano Soldado. O árbitro do combate nem permitiu que Jonas desse o “confere” em seu adversário, que ficou desnorteado – belíssimo nocaute que lhe rendeu o título dos penas na ocasião.

Em entrevista, Jonas mostrou que fez o dever de casa e estudou seu adversário. Para ele, assim como no futebol, não existe mais bobo no MMA e é preciso estar atento tanto na luta em pé quanto na parte de chão. O carioca ainda completou que pretende trazer algumas novidades para melhorar seu jogo e garantiu que o público pode esperar por mais uma grande exibição.

“Podem esperar o de sempre. Podem esperar um Bilharinho que vai para cima buscando terminar a luta tanto em pé quanto no chão. Não tem erro. Sei que meu oponente consegue mesclar muito bem tanto no alto quanto em baixo e costuma ter uma durabilidade boa nos combates. Sigo fazendo meu treinamento em todas as valências, pois acredito que acabou o espaço para os atletas que não são completos. Sempre temos nossas especialidades, mas todos são muito bem preparados e se eu der mole posso ser surpreendido. Da mesma forma, onde o meu oponente der mole eu vou pegá-lo. Vou começar a trazer algumas coisas novas para o meu jogo e estou me aprimorando cada vez mais. Estou muito feliz com a volta ao Jungle Fight e o público pode esperar um show com certeza”, disse Jonas.

Buscando manter a sequência de triunfos, Valdines promete não dar moleza para Bilharinho. Atleta da Pitbull Brothers, ele revelou que disputar esse cinturão é um sonho realizado e vai fazer de tudo para levar o título para o Rio Grande do Norte.

"A expectativa é a melhor possível. Estou bem preparado e muito focado para realizar o sonho de disputar o título do Jungle Fight, que é o maior da América Latina. Venho treinando duas a três vezes por dia e quero que o dia 30 chegue logo. A cabeça está muito boa e estou forte fisicamente. Espero que possamos dar um show para o público".

O Jungle Fight 86 terá mais duas disputas de cinturão. Na luta principal, Maike Linhares defende o título dos galos (até 61kg) pela primeira vez contra Naldo Silva. Já na categoria peso-médio (até 84kg), André Lobato vai tentar manter o título em Manaus contra o desafiante de Minas Gerais, Paulo Borrachinha.

Lutas

18- Maike Linhares (Constrictor Team/Tocantins) x Josenaldo ’Naldo’ Silva (Evolução Thai/Amazonas) Cinturão 61kg

17- André Lobato (Marajó Brothers/Pará) x Paulo Henrique ‘Borrachinha’ (Team Rubens Dórea/Minas Gerais) Cinturão 84 Kg

16- Jonas Bilharinho (Team Nogueira/Rio De Janeiro) x Valdines Silva (Pitbull Brothers/Rio Grande Do Norte) Cinturão 66kg

15- José "Suavecito" Dias (Cleber Jiu-Jitsu/México) x Edilson Silva França (Clube Da Luta/Tocantins) 77kg

14- Diogo Fofão (Cerrado Team/Brasília) x Michel Sassarito (SD System/Chequemat/Amazonas) 70kg

13- Bruno Tavares (Bronx's Gold Team/São Paulo) x Ismael Marreta (Cerrado Team/Dhóy-Brasília) 66kg

12- Franciherrison Sales Pereira (Gêmeos Academia/Tocantins) x Denes Carvalho (Sombra Team-Xambio/Tocantins)  57kg

11- Heberth Sousa (Constrictor Team/Brasília) x Nildo Katchau (Roxo Team/Pará) 57kg

10- Cleber Luciano (Cleber Jiu-Jitsu) x Mateus Mattos (Team Nogueira/Rio de Janeiro) 61kg

9- Alex ‘Canguru’ Alves (Corinthians Team/São Paulo) x João Paulo (Malhado Team/Goiás) 70kg

Card Social

8-Jordano Abdon (Marajó Brothers/Pará) x Heberte Henrique (Gêmeos Academia/Tocantins) 66kg

7- Fabiana Barrenquevitcz (Tocantins) x Karoline Teles (Tatame Fight/Tocantins) 61 Kg

6- Jackson De Oliveira (Dyogo Telles/Tocantins) x Carlos Almeida (Gêmeos Team/Tocantins) 61kg

5- Paulo Rodrigo (Paulo Irmão/Tocantins) x Alysson Conceição (Salvador Team/Pará) 57 kg

4- Luiz Carlos Crispin (Crispin Team/Tocantins) x Mateus Glória (Salvador Team/Tocantins) 57kg

3- Adriano Gustavo (Clube De Luta Gurupi/Tocantins) x Marco Marcilio (Eduardo Team/Paraíba)  66 kg

2- Bruno Oliveira (Salvador Team) x Eduardo 'Mano' Correia (Dyogo Telles/Tocantins) 70 kg

1- Adriano de Jesus (Bogado Team/Tocantins) x Cristian 'Maguila' Moraes (Crispin Team/Tocantins) 77 kg