Economia

Foto: Divulgação

O Conselho de Desenvolvimento Econômico do Tocantins (CDE), órgão deliberativo vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), em reunião ordinária realizada na terça-feira, 26, aprovou aporte de R$ 350 mil, provenientes do Fundo de Desenvolvimento Econômico do Estado do Tocantins (FDE), para projeto que busca fortalecer microempresas do Estado.

O Programa de Fortalecimento das Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Empreendedores Individuais do Estado do Tocantins (PROMEI-TO) tem como objetivo a implementação de redes de apoio diversificada para ajudar os empreendedores estaduais. De autoria da Federação das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado do Tocantins (FEMICRO-TO) a iniciativa conta com apoio da Seden.

“Esta é uma ação importante para ajudar pequenas empresas que precisam de algum acompanhamento. A proposta é dar amparo por meio de informações, curso e ações. A Secretaria entende a importância dos micro empreendedores para o Estado, visando a geração de emprego e renda, sendo a  missão  da Seden a promoção do desenvolvimento econômico”, pontuou o subsecretário  da Seden, Frederico Oliveira.

Dentre as ações propostas estão a ampliação de parcerias, desenvolvimento de canais de atendimentos, formação de redes de apoio e facilitação do acesso a informação. O programa propõe ainda  ampliar a formalização dos empreendimentos e a proteção previdenciária dos empreendedores.

Incentivo

Ainda foi concedido incentivo fiscal a uma empresa de alimento de Paraíso do Tocantins, dentro do Programa Proindústria, que beneficia empresas com atividade econômica no setor da indústria com interesse em implantação e expansão de suas atividades.

CDE

Entre as entidades e órgão que fazem parte do Conselho estão a Secretaria da Fazenda (Sefaz), Secretaria do Planejamento e Orçamento (Seplan), Secretaria do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), Secretaria do Trabalho e da Assistência Social (Setas), Federação das Indústrias do Estado do Estado do Tocantins (Fieto), Federação do Comércio do Estado do Tocantins (Fecomércio), Federação das Associações de Comércio e Indústria do Estado do Tocantins ((Faciet), Federação da Agricultura do Estado do Tocantins (Faet) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).