Esporte

Foto: Leonardo Fabri Maike Linhares foi dominado pelo rio grandense Naldo Silva Maike Linhares foi dominado pelo rio grandense Naldo Silva

O maior evento de MMA da América Latina já está acostumado com a recepção calorosa do público de Palmas/TO. Na noite deste último sábado (30), a edição 86 consagrou mais dois campeões da organização no Ginásio Ayrton Senna, localizado na capital tocantinense. Apesar da torcida fervorosa a favor do atleta da casa, Maike Linhares, o rio grandense Naldo Silva foi superior durante os três rounds e conseguiu a vitória por decisão unânime dos árbitros. Foi a vigésima quarta vitória de Naldo Silva, que se mostrou consciente que seguir campeão do Jungle Fight vai ser tarefa complicada.

“Estou muito feliz por ter realizado esse sonho. Enfrentei um atleta muito duro, com experiência internacional e agradeço pela oportunidade. Vou seguir treinando duro porque agora manter o cinturão vai ser complicado. Sei que temos atletas muito bons nessa categoria e preciso treinar duro para seguir no topo”, comemorou.

Valdines Silva é o novo campeão peso-pena 

A categoria peso-pena do Jungle Fight conheceu seu novo campeão num combate de altíssimo nível. Valdines Silva mostrou muita competência ao dominar o centro da Arena Jungle e, com muita técnica, o atleta do Rio Grande do Norte nocauteou o até então invicto Jonas Bilharinho no segundo round. Foi a décima sexta vitória de Valdines e o cinturão da organização vai para o Rio Grande do Norte.

Michel Sassarito tem exibição de gala e vai disputar o cinturão dos leves

Combate eletrizante na Arena Jungle. A luta entre Sassarito e Diogo Fofão tinha tudo para ser uma das melhores da noite e fez jus às expectativas. O que se viu foram dois atletas muito técnicos esbanjando disposição na trocação. Chutes altos e joelhadas contundentes de ambas as partes levaram o público de Palmas ao delírio. O combate nem chegou ao segundo round. Faltando dois segundos para soar o gongo no primeiro assalto, Sassarito conseguiu uma sequência que obrigou o árbitro Douglas Aires a interromper o confronto. Como já havia prometido, Wallid Ismail confirmou que Sassarito vai disputar o cinturão dos leves. Foi a décima sexta vitória do amazonense. Pela excelente performance, Diogo Fofão também voltará nas próximas edições.

Carlos Chicho vence Lenyl Stéfano no primeiro round

O único combate internacional da noite não foi bom para o Brasil. Isso porque o brasileiro Lenyl Stéfano sofreu uma luxação no cotovelo ao ser derrubado pelo paraguaio Carlos Chicho ainda no primeiro round. Foi a quinta vitória de Chicho contra duas derrotas no MMA.

Nildo Katchau sofre lesão em queda e Heberth Índio segue invicto

No duelo entre Nildo Katchau e Heberth Índio, Muay Thai x Jiu-Jitsu, respectivamente, melhor para Índio. O atleta de Brasília levou a melhor ao aplicar uma queda em seu adversário, que acabou sofrendo uma lesão no pé e foi obrigado a desistir do combate. Foi a décima vitória do brasiliense, que não sabe o que é perder no MMA.

Matheus Mattos vence e vai disputar o cinturão dos galos

Matheus Mattos não teve dificuldades para bater Carlos Soares, o Carlin. Atleta da Team Nogueira, no Rio de Janeiro, Matheus dominou completamente o primeiro round aplicando golpes duros contra Carlin, que se mostrou muito resistente. Matheus voltou para o segundo round disposto a acabar com a luta e conseguiu um belo mata leão, alcançando sua décima vitória no MMA - ele segue invicto na carreira. Após o combate, Wallid anunciou que o atleta da Team Nogueira vai disputar o cinturão peso galo da organização.

João Paulo Roy venceu Alex Canguru por decisão unânime

Com dois atletas especialistas em Boxe e Muay Thai, a primeira luta do card principal se desenvolveu na em pé na maior parte do tempo. Já no final do primeiro round, Roy, atleta de Goiânia, conseguiu um belo direto de direita que levou Canguru ao chão. O golpe foi tão forte, que Roy saiu comemorando a vitória, porém, o tempo já havia se esgotado e seu adversário acabou salvo pelo gongo. O knockdown aplicado pelo goiano acabou sendo o principal momento da luta, que foi para decisão dos árbitros e a vitória ficou João Paulo Roy. O atleta agora tem o cartel de cinco vitórias e apenas uma derrota na carreira.

 Resultados Jungle Fight 86:

Josenaldo ’Naldo’ Silva venceu Maike Linhares por decisão unânime 29-28 30-27 30-29

Valdines Silva venceu Jonas Bilharinho por nocaute técnico aos 3m52s 2R

Michel Sassarito venceu Diogo Fofão por nocaute técnico aos 4m58s do 1R

Carlos Chicho Irigoitia venceu Lenyl Stéfano por nocaute técnico aos 1m45s

Denes Carvalho venceu Franciherrison Sales por decisão unânime - triplo 28-29

Heberth Sousa venceu Nildo Katchau por desistência aos 43s do 3R

Mateus Mattos venceu Carlos Soares com mata leão aos 2m36s do 2R

João Paulo Roy venceu Alex ‘Canguru’ Alves por decisão unânime 30-27 30-27 29-28

Card Social

Felipe Cabocão venceu Jordano Abdon com katagatame aos 3m25s do 3R

Manoel Moreira Jr. Venceu Jackson De Oliveira por interrupção médica aos 1m27s 2R

Luiz Carlos Crispin venceu Mateus Glória com armlock aos 1m47s do 2R

Marco Marcilio venceu Adriano Gustavo por desistência aos 3m28s do 1R

Eduardo 'Mano' Correia venceu David Alan Silva por decisão unânime - triplo 27-30                  

Adriano de Jesus venceu Cristion 'Maguila' por nocaute técnico aos 27s do 3R

Cleiton Martins venceu Marcos Dhone Sousa com triângulo aos 2m4s do 2R