Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado federal Lázaro Botelho (PP) foi eleito, por unanimidade, nessa terça-feira, 03, o novo presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR), uma das mais importantes da Câmara Federal. Ele substituiu o deputado federal Irajá Abreu (PSD), que presidiu entre os anos de 2015 e 2016.

Em sua fala, Lázaro destacou que a posse como presidente é um grande marco em sua trajetória política. Ele agradeceu o líder do PP na Câmara, deputado Agnaldo Ribeiro, seus companheiros de partido e os membros da Comissão que o escolheram.

“Sabemos que trabalhar em conjunto, em união, é de extrema importância para alcançar o sucesso. Ter a capacidade de trabalhar em equipe mostra humildade, tolerância, mas acima de tudo companheirismo, algo que tenho buscado em todos os meus mandatos, pois sabemos que aqui na Câmara, a unidade é importante para grandes conquistas”, afirmou.

Lázaro está em seu terceiro mandato como deputado federal e, ao falar sobre a sobre sua experiência com o tema e sobre a importância dessa escolha para o Tocantins, afirmou que trabalhará em conjunto com toda a Comissão para que as conquistas sejam alcançadas.

“Meu orgulho em assumir a presidência da Comissão de Agricultura, é ainda maior, pois eu sou um homem do Campo que representa nessa Casa, o povo simples do meu querido Tocantins, um Estado que tem no Agronegócio seu principal instrumento de desenvolvimento. Espero contar com o apoio de todos os colegas na condução dos trabalhos, dos líderes partidários, da Frente Parlamentar da Agropecuária e também dos representantes das diversas entidades que militam nessa área para que tenhamos equilíbrio em nossas decisões”, completou.

Nas várias entrevistas que concedeu após a posse, o parlamentar tocantinense destacou que o Agronegócio é o setor que mais tem contribuído para o desenvolvimento econômico do nosso país, e que principalmente em um momento de crise como o que enfrentamos, é o Agronegócio que tem mais condições de reverter essa crise. “O Agronegócio pode contribuir com a geração de emprego, com o superávit da balança comercial e até na redução da inflação, pois com o apoio adequado, o nosso setor pode produzir alimentos cada vez mais seguros, de qualidade e a preços cada vez mais baixos.”

Lázaro ficará a frente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural entre os anos de 2016 e 2017.

Apoio 

Ao repassar a presidência a Lázaro, o deputado Irajá disse estar satisfeito pelo fato de seu sucessor ser um parlamentar do Tocantins. “Fiquei muito feliz com a indicação do PP para que você conduza esse trabalho. Tenho certeza que terá um grande desempenho a frente da Comissão, pois é produtor rural no Tocantins e por isso tem legitimidade sobre o assunto”, declarou.

O 1º vice-presidente da Comissão, deputado Afonso Hamm (PP-RS), que foi eleito na chapa do deputado Lázaro, falou sobre a importância e sobre os resultados práticos que são obtidos pela Comissão de Agricultura, reforçando que ela é uma das mais expressivas na Câmara. “E estaremos ao seu lado amigo Lázaro, todos nós colaborando com a Agricultura brasileira”, completou.

FPA

O presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Marcos Montes (PSD-MG), afirmou que Lázaro toma posse como presidente de uma Comissão fundamental na Câmara. De acordo com ele, o parlamentar tocantinense assume uma responsabilidade no momento mais importante para o setor da agricultura e agropecuário. “Tenho absoluta confiança no seu trabalho e faremos um trabalho integrado com a FPA. Eu sempre digo que a Comissão é o Fórum institucional da nossa Frente. É aqui que realizamos o que discutimos lá”, declarou.

O deputado federal Luis Carlos Heinze (PP-RS), parabenizou Lázaro por ter assumido a presidência da Comissão e reforçou que é preciso investir na agricultura para que o País saia da crise pelo qual passa atualmente. “O Brasil que deu certo é o Brasil da agricultura e mais uma vez parabenizo vossa excelência, deputado Lázaro. Sei que tem capacidade e condições para presidir esta comissão, junto com toda essa equipe. Juntos precisamos fazer com que o Brasil volte a crescer”, finalizou.