Estado

Foto: Divulgação

Com o objetivo de garantir a valorização do funcionalismo público e a elevação do desempenho dos serviços prestados no executivo estadual, o governador Marcelo Miranda lançou na tarde desta segunda-feira, 16, a Universidade Corporativa do Tocantins (Unicet) e o Prêmio Eudoro Pedroza.

Na ocasião, o governador destacou que a criação da Unicet, fruto da parceria firmada entre a Fundação Universidade do Tocantins (Unitins) e o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), é uma das ações em prol da modernização da gestão. “O servidor público do Tocantins pode confiar no Governo do Estado. O que trazemos aqui, hoje, é mais uma amostra do investimento que estamos fazendo no serviço público. E independente do cenário que vivemos, nós vamos dar a volta por cima”, enfatizou o governador.

Emocionado, Marcelo Miranda ressaltou que o Prêmio Eudoro Pedrosa é um reconhecimento aos servidores que seguem o exemplo do homenageado, que trabalham pela melhoria da gestão pública. “Estamos homenageando um homem que deixou vários legados. Ele preparou os tocantinenses para entenderem que com compromisso e determinação alcançamos os resultados que esperamos”, ressaltou. 

Modernização

O titular da Secretaria de Estado da Administração, Geferson Barros, destacou que a criação da Unicet tem como foco a gestão com resultados. “É uma medida de modernização da gestão pública, contemplada no PPA 2016-2019. Em 2006, o governador Marcelo Miranda criou a Escola de Governo, e avançando nesse processo junto aos servidores, hoje lançamos a Universidade Corporativa do Tocantins”, pontuou.

Segundo o representante da Serpro, Max Augusto Noleto, a parceria com o Governo do Estado vai beneficiar diretamente a sociedade. “Tenho a certeza de que tem muito a ganhar com a criação da Unicet são os servidores públicos, mas a sociedade também ganha. Com os cursos, oportuniza-se que os serviços prestados a comunidade tenha muito mais qualidade e resultados”, ressaltou. 

Formação

Agradecendo a iniciativa do Governo, o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Estado do Tocantins (Sisepe), Cleiton Pinheiro, destacou a importância da Unicet para os servidores. “Ela vem para atender uma demanda dos servidores, que é fazer cursos a distância. O servidor fica feliz em saber que o governo tem essa visão, da importância do acesso à formação com a criação da Universidade. Quero agradecer e dizer que estamos a disposição”, disse.

A Unicet atenderá os integrantes do quadro de pessoal do Estado, que passarão a ter amplas oportunidades de formação continuada. Serão ofertados cursos na modalidade à distância, dando oportunidade aos servidores de todos os municípios de participarem de capacitações, além de dar ao servidor o poder de decidir qual o melhor horário para fazer o curso.

Prêmio

O prêmio Eudoro Pedroza será concedido anualmente estendendo-se aos servidores públicos estaduais ativos e inativos da administração direta e indireta do poder executivo estadual, a partir da identificação de projetos inovadores que contemplem as áreas temáticas da gestão pública, como: o equilíbrio fiscal na administração pública estadual, gestão por resultados, gestão de pessoas, entre outros; e de políticas públicas, como: saúde, educação, segurança pública, cultura e demais.

Além do reconhecimento pelos projetos inovadores, de autoria dos servidores públicos, o prêmio também homenageará pessoas que se destacaram por ações transformadoras em prol do desenvolvimento social e econômico do Estado do Tocantins. As inscrições serão gratuitas e realizadas pela internet. Os projetos serão avaliados por uma comissão interinstitucional, a qual será presidida pelo secretário da Administração.

Presenças

Durante solenidade, que aconteceu no auditório do Palácio Araguaia, estavam presentes servidores públicos estaduais, secretários de Estado, presidentes de autarquias; além dos deputados estaduais Valderez Castelo Branco e Vilmar de Oliveira. Também prestigiaram o evento Maria Suelena, viúva de Eudoro Pedroza, as filhas e familiares.