Educação

Foto: Elias Oliveira

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (seduc) entregou, na manhã desta segunda-feira, 6, o Colégio Estadual Família Agrícola José Porfírio de Souza, na comunidade Piabanha, localizada no município de São Salvador no extremo sul do estado. Esta é a terceira escola nesta modalidade entregue pela gestão estadual. Anteriormente, já haviam sido entregues Escolas Família Agrícola (EFA) em Esperantina e em Colinas do Tocantins.

A escola surgiu através da necessidade de atender às famílias atingidas por barragens e tem, como proposta pedagógica, a promoção do desenvolvimento local sustentável. Além disso, a unidade educacional dá meios para a fixação do homem no campo, com a qualificação profissional dos alunos em técnicas de manejo aplicadas para o fortalecimento da agricultura e, consequentemente, na melhoria da qualidade de vida das famílias.

O município de São Salvador não foi o único beneficiado com a entrega do Colégio José Porfírio. A escola possui estrutura para receber alunos das comunidades de Paranã, Peixe e outros municípios da região, utilizando a Pedagogia da Alternância – modelo educacional em que o estudante passa um período na escola e outro em casa desenvolvendo, na prática, o que é ensinado em sala de aula.

“Estamos dando a qualificação necessária para que os alunos possam entender a dinâmica do trabalho no campo e prestar os seus serviços para suas comunidades. Isso sem deixar de lado o processo educacional, que é a base para que todos os demais desenvolvimentos possam acontecer para essas famílias de assentados e atingidos pela barragem”, concluiu o secretário Adão Francisco de Oliveira.  

Atualmente o Colégio Estadual Família Agrícola José Porfírio de Souza oferece o ensino fundamental de 6º ao 9º e a 1ª serie do ensino médio, além de curso técnico em agropecuária integrado ao ensino médio.

A entrega das novas estruturas educacionais pelo Governo do Estado vem mostrando que o desenvolvimento do Tocantins passa, necessariamente pela educação, conforme destacou o governador Marcelo Miranda. “Eu volto a reforçar o nosso compromisso com a educação. A educação do campo é um importante instrumento para a transformação da realidade profissional dessas famílias. Vamos investir nestas pessoas que sonharam um dia ter um diploma”, enfatizou.

De acordo com a moradora da comunidade, Euzelina Batista Rodrigues, com as novas estruturas, os alunos terão mais motivação para estudar e se qualificar, sem que seja necessário percorrer grandes distâncias para frequentar uma sala de aula. “Eu me sinto feliz com tudo isso, que meu filho esteja num bom ambiente com mais conforto e que ele seja alguém na vida”, disse.