Polí­tica

Foto: Divulgação

Nessa quinta-feira (9), o pré-candidato a prefeito de Palmas pelo Partido dos Trabalhadores (PT), deputado José Roberto, participou de um café da manhã com presidente Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil de Palmas (STCCP), Raimundo Pereira de Souza. O encontro que aconteceu na sede da entidade, serviu para o parlamentar ouvir as demandas e sugestões para impulsionar o setor.

Durante o encontro, Zé Roberto ouviu do líder sindical as principais dificuldades que o segmento tem enfrentado. Sendo a principal o fechamento de postos de trabalho.

Uma das sugestões propostas por Pereira, para incentivar a inclusão de mais trabalhadores locais na atividade seria “a prefeitura, ou o estado ao licitar obras, explicitar uma cláusula de empregabilidade de trabalhadores braçais, isso significa que um percentual de 30%, 40%, ou até 50%, sejam desenvolvidos pelos trabalhadores, mesmo que estes serviços tenham tecnologias e máquinas para a realização do trabalho”, explicou.

Após ouvir as demandas da classe, José Roberto assumiu o compromisso de que o seu plano de governo será construído ouvindo todos os segmentos da sociedade palmense. Para o pré-candidato “o maior especialista para encontrar a solução dos problemas que atingem a cada área específica são as próprias pessoas impactadas, por isso vamos ouvir as sugestões que subsidie a resolução dos problemas para tentar solucioná-los na nossa gestão”, pontuou.

O líder sindical reclamou ainda, que a gestão atual da prefeitura não tem nenhuma grande obra em construção, “isso é ruim por exemplo quantas casas de interesse social a prefeitura fez até agora?”, questionou Pereira. Numa conversa franca com o deputado o sindicalista desabafou, “olha a atual gestão não ouve ninguém, nós temos proposta como a que falei para o senhor, e nenhum secretário nos recebeu, isso é um desrespeito”.

Audiência Pública

Na oportunidade José Roberto convidou o presidente dos trabalhadores da construção civil de Palmas, para participar da Audiência Pública sobre as obras públicas estadual que foram paralisadas por recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), a ser realizada pela Assembléia Legislativa no próximo dia 24. A audiência foi uma solicitação do deputado.