Estado

Foto: Divulgação

Hoje, terça-feira, 05 de julho, é dia de protesto para os servidores públicos estaduais. A partir das 16 horas, eles estarão concentrados em frente ao Palácio Araguaia, na Praça dos Girassóis para cobrar o pagamento dos retroativos da data-base 2015, bem como a data-base 2016.

O protesto é coordenado pelo Movimento de União dos Servidores Públicos Civis e Militares do Estado do Tocantins (MUSME-TO) e contará com a participação de servidores de diversas categorias a exemplo do Quadro Geral, Educação, Saúde, Segurança Pública, entre outras.

Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins (SISEPE-TO), Cleiton Pinheiro, a expectativa é que a presença dos servidores sensibilize o Governo do Estado para reabrir a negociação. Cleiton Pinheiro afirmou ainda que, caso o Governo não receba as entidades e apresente uma proposta a respeito do pagamento da data-base, o Sisepe/TO convocará outra Assembleia Geral específica para autorizar a deflagração de greve.

Desde o dia 27 de junho, o Sisepe vem convocando os servidores que fazem parte da sua base para que compareçam ao protesto. Fazem parte desta convocação os servidores públicos estaduais do Quadro Geral, Unitins, Adapec, Ruraltins, Naturatins, Itertins e administrativos da SEFAZ.

Os membros da Diretoria do Sindicato fizeram uma escala de trabalho e visitaram os órgãos públicos de Palmas entregando panfletos e convocando os servidores sobre a mobilização. Segundo eles, durante as visitas foi possível perceber que os servidores não abrem mão da data-base e estão realmente indignados com a posição do Governo de não efetivar o pagamento.

Desde as primeiras horas desta terça, a convocação também está sendo veiculada em carro de som em Palmas, além de exposição de faixas nas proximidades da Praça dos Girassóis.