Campo

Foto: Fernando Alves Arraias é o quarto município onde o projeto está sendo implantado e também recebe 198 pequenas barragens Arraias é o quarto município onde o projeto está sendo implantado e também recebe 198 pequenas barragens

Na próxima semana, a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) inicia mais uma etapa do Projeto Barraginhas, no município de Arraias, região sudeste do estado. Nesta quinta-feira, 4, as 198 barraginhas construídas em Taipas serão concluídas. De acordo com o diretor de Planejamento e Gestão dos Recursos Hídricos, Aldo Araújo de Azevedo, o projeto está bem avançado, dentro do cronograma planejado.

Arraias é o quarto município onde o projeto está sendo implantado e também recebe 198 pequenas barragens. Até o momento, já foram construídas cerca de 650 barraginhas, de um total de 3.564 previstas, em 18 municípios tocantinenses, no prazo de dois anos. A previsão é atender nove este ano e mais nove em 2017.

O objetivo do programa é a construção de pequenas bacias de captação de água da chuva, evitando erosões e assoreamento de pequenos rios, ajudando, desta forma, no combate à seca da região sudeste do Tocantins. Conforme o cronograma de obras, o primeiro município beneficiado foi Taguatinga, onde, devido à grande demanda e à necessidade de atender de forma eficiente os produtores rurais, foram construídas 350 barraginhas, 152 a mais do que o previsto inicialmente, somente nesta cidade.

“Fizemos um plano e dentro do previsto as ações estão sendo realizadas sem nenhum obstáculo. Além disso, nossas equipes aumentaram com o apoio do Ruraltins e mais um trator foi adquirido para somar com as outras duas máquinas que tínhamos”, observa o diretor.  

Projeto

O Projeto Barraginhas é uma das metas do Governo do Estado para amenizar a seca da região sudeste. Ao todo serão beneficiados 18 municípios, com investimento total de aproximadamente R$ 2 milhões e a construção de 3.564 barraginhas. Os municípios contemplados ficam localizados na parte sudeste do Tocantins, região semiárida de menor índice de precipitação de chuvas no Estado, com 400 milímetros por ano. Neste ano serão atendidas, além de Taguatinga, Ponte Alta do Bom Jesus e Taipas, os municípios de Aurora do Tocantins, Lavandeira, Combinado, Novo Alegre, Arraias e Novo Jardim.