Educação

Foto: Adilvan Nogueira O intuito é valorizar e beneficiar alunos brasileiros de escolas públicas, que são exemplos em suas comunidades O intuito é valorizar e beneficiar alunos brasileiros de escolas públicas, que são exemplos em suas comunidades

Alunos das escolas estaduais interessados em participar do Programa Jovens Embaixadores 2017 têm até o próximo dia 19 de agosto para realizarem as inscrições. Nesta edição comemorativa de 15 anos do programa, serão levados 50 estudantes da rede pública para um intercâmbio de três semanas nos Estados Unidos da América (EUA). Os interessados devem preencher o formulário por meio deste link.

Para incentivar a participação dos estudantes de escolas estaduais no programa, a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) tem mobilizado as Diretorias Regionais de Educação (DRE’s) para que as unidades escolares sensibilizem os alunos quanto à experiência que poderão adquirir com o intercâmbio.

De acordo com o gerente de Projetos Educacionais da Seduc, Júlio César da Rocha, nestas últimas semanas a mobilização será intensificada. “Utilizaremos as redes sociais para a divulgação e entraremos em contato com as diretorias, com mais frequência, para chamarmos os alunos para a participação. Queremos ter um número maior de participantes no programa, tendo em vista a bagagem de conhecimento que os nossos estudantes poderão adquirir em outro país”, afirmou.

O programa

O Jovens Embaixadores é uma iniciativa de responsabilidade social da Embaixada dos Estados Unidos. O intuito é valorizar e beneficiar alunos brasileiros de escolas públicas, que são exemplos em suas comunidades em termos de liderança comprovada, atitude positiva, consciência cidadã, excelência acadêmica e conhecimento da língua inglesa.

Entre os pré-requisitos para a seleção, além de serem alunos de escolas públicas, é necessário que os participantes tenham idade entre 15 e 18 anos e possuam conhecimento em língua inglesa. É preciso, também, que eles comprovem ter pouca ou nenhuma experiência anterior em outros países e jamais ter viajado para os Estados Unidos.