Educação

Foto: Elias Oliveira

Com o intuito de promover um protagonismo juvenil que contribua para a integração regional dos jovens parlamentares, estão abertas até o dia 5 de setembro as inscrições para o Parlamento Juvenil no Mercosul. Os interessados devem elaborar propostas com o tema “O Ensino Médio que queremos”, que abordem as necessidades e anseios comuns do Mercosul.

Durante o período de inscrição, o jovem deverá elaborar um projeto autoral de protagonismo juvenil e encaminhá-lo à Secretaria de Educação do seu estado, Distrito Federal ou à sua Instituição da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, juntamente com os demais documentos solicitados no edital.

De acordo com a técnica da Gerência de Projetos Educacionais, da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), que é coordenadora do Parlamento Juvenil no Mercosul pela Seduc, Márcia Ribeiro,  a Educação fez contato com as escolas e com as Diretorias Regionais de Educação (DRE’s) para sensibilizarem os alunos quanto à importância da participação. “Reforçamos a relevância do projeto, que acontece em âmbito nacional, e como a participação do estudante pode contribuir para o protagonismo juvenil dos estudantes”, disse.

Ela afirmou ainda que, as experiências de jovens que já participaram do programa serviram para estimular a participação dos estudantes no desenvolvimento escolar. “Os estudantes puderam compreender que a melhoria do ensino também passa pelo protagonismo de cada aluno. Eles puderam entender isso e repassaram as experiências para outros colegas. É por ver os resultados positivos e entender a importância que o Parlamento pode ter na vida de cada pessoa que a Seduc apoia e estimula a participação ações como essa”, afirmou.

A eleição para posse no biênio 2016-2018 acontece, de forma online, em um cadastro no portal, e ocorrerá no período de 17 a 21 de outubro de 2016. Após o processo, o Ministério da Educação (MEC) realizará a apuração com apoio de uma equipe formada pelo órgão, pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal (Conif), pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e por um ex-parlamentar juvenil.

Conforme o edital, a divulgação dos estudantes pré-selecionados pelas Secretarias de Educação e pelas instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica está prevista para o dia 15 de setembro.  A divulgação dos parlamentares juvenis eleitos será no dia 31 de outubro.

Critérios

Para a participação é necessário que o aluno esteja matriculado, frequentando regularmente o 1º ou 2º ano do Ensino Médio ou Ensino Técnico Integrado ao Ensino Médio em escolas públicas da Rede Estadual ou Federal. É preciso, ainda, ter boa atuação escolar, entre frequência, conduta e rendimento, além de adaptar-se facilmente à convivência com jovens de diferentes culturas e crenças religiosas, ter disponibilidade e autorização dos pais para realizar viagens nacionais e internacionais que são acompanhadas pelo MEC.