Estado

Foto: Divulgação

Greve dos bancários no Tocantins inicia na próxima terça-feira, 6. A decisão foi da categoria durante assembleia realizada na noite desta quinta-feira, 1º de setembro, na sede do Sindicato dos Bancários do Tocantins (Sintec-To) em Palmas. Ainda na ocasião a proposta apresentada pela Federação Nacional dos Bancos de 6,5% de aumento salarial e R$ 3 mil de abono foi recusada por unanimidade pelos bancários.

Neste ano a categoria reivindica reajuste salarial de 14,78%, que representa o INPC projetado de 9,31% mais 5% de aumento real. Na quarta-feira, 31, o Sindicato iniciou a entrega do kit greve é composto por camisetas, cartazes e faixas.

Na oportunidade o presidente do Sintec-TO, Crispim Batista Filho, destacou o apoio integral do sindicato na paralisação e defendeu os direitos trabalhistas. “É necessário lutarmos por melhorias, condições dignas de trabalho, mais segurança para os bancários e também para os clientes. Além de mais saúde, menos filas, mais funcionários e com certeza um salário justo”, afirmou o presidente.

Outras reivindicações

Os bancários ainda reivindicam auxílio alimentação, participação nos Lucros ou Resultados (PLR) equivalente a 15% do lucro líquido do exercício de 2016, mais saúde e segurança, combate ao assédio moral, isonomia nos bancos públicos dentre outras.

Por: Redação

Tags: Crispim Batista Filho, Fenaban, Greve, Sintec