Palmas

Foto: Divulgação

A principal Estação de Tratamento de Água da Capital, a Estação de Tratamento de Água 006 está paralisada desde a madrugada desta quinta-feira (29) em função de problemas elétricos ocasionados por quedas de fase na rede de distribuição de energia, segundo a Odebrecht Ambiental | Saneatins. 

Às 4h37 da madrugada, as equipes da Odebrecht Ambiental | Saneatins identificaram o problema e entraram em contato com a Energisa, concessionária responsável pelo serviço de distribuição de energia elétrica, informando a situação e solicitando um prazo para a resolução, conforme o protocolo 23451052. Outras três solicitações, realizadas às 06h24 (protocolo: 23451212), 07h52 (protocolo: 23452269) e 07h57 (23452336), respectivamente, também não tiveram uma resposta com prazo para solução do problema que persiste e coloca em risco o abastecimento de água para os moradores de Palmas.

Segundo a Odebrecht, além da falta de resposta quanto ao prazo para o restabelecimento do fornecimento de energia, as quedas de fase ocasionaram danos à quadros de comando da estação. Técnicos da Odebrecht realizam os reparos necessários.

Com a paralisação da operação da ETA 006, todo o Plano Diretor Sul e os bairros da Região Sul da cidade estão com o abastecimento comprometido. A Odebrecht Ambiental | Saneatins vai manter, emergencialmente, o abastecimento de Hospitais e outras unidades de Saúde com a disponibilização de caminhões-pipa.

A concessionária esclarece a população que aguarda a resolução do problema ocasionado pela falta de energia para a rápida solução da questão.

Energisa

A Energisa informou na tarde desta quinta-feira, 29, que uma equipe da concessionária esteve na Estação de Tratamento de Água 006 e o fornecimento de energia foi restabelecido. (Matéria atualizada às 14h15min) 

Por: Redação

Tags: Energisa, Odebrecht Ambiental Saneatins