Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual e ex-prefeito de Palmas/TO, Eduardo Siqueira Campos (DEM), entrou em consenso com o atual gestor Carlos Amastha (PSB), para afixar na Praça da Árvore e nela permanecer, a placa com texto em que reproduz mensagem original de inauguração da praça em 1997. No local foi inaugurado nessa quarta-feira, 9, o Parque dos Povos Indígenas que abrange áreas de preservação e integração além da praça. 

A placa lembra que o ex-governador Siqueira Campos, decidiu, no ano de 1989, debaixo de uma Fava de Bolota na área onde hoje é a Praça da Árvore, que nesta localidade se ergueria a nova capital do Tocantins. Até então Miracema do Tocantins detinha o título de capital provisória do Estado.

A placa original foi vandalizada e arrancada do local onde havia sido fixada e Eduardo, após diálogo com o prefeito Amastha, mandou confeccionar uma nova. "No princípio do ano de 1989, neste local, à sombra generosa desta árvore, uma Fava de Bolota (Parkia platycephala), o governador Siqueira Campos decidiu: "Aqui construirei a cidade de Palmas, a nova capital do Tocantins"", essa é a mensagem descrita na placa. 

Em sua página do Facebook, Eduardo comentou o fato. "Informado pelo prefeito de Palmas de que a placa original, afixada na Praça da Árvore, fora vandalizada eu mesmo providenciei, após combinação com o prefeito que eu mandaria confeccionar uma nova, mas que reproduzisse inteiro teor da placa original. Assim ficam preservadas a História e reformulada não apenas a praça, mas sim o conceito dos parques. A previsão era de 3 deles, Parque João do Vale, região sul , Parque Cesamar no centro e Parque Sussuapara, hoje Parque dos Povos Indígenas. Como logradouro público municipal, parabenizo a sua restauração, iluminação, redário, postando skates, parques e demais benfeitorias. Avançar, conservar, preservar. Assim a História agradece, o presente igualmente e que assim seja no futuro!", postou o deputado.