Cultura

Foto: Rondinelli Ribeiro

O Tribunal de Justiça está com as portas abertas do Palácio Rio Tocantins, sede do Poder Judiciário estadual na capital desde essa última quarta-feira,18, para mais uma ação o Projeto TJ Cultural. Nesta edição, a artista Lília Roques mostra o seu trabalho na exposição fotográfica “Singularidades de Palmas”.

O acervo conta com o total de 60 quadros, que trazem imagens de monumentos da capital e da flora do cerrado tocantinense. O trabalho artístico é resultado de pesquisas sobre a iconografia do estado, ou seja, um estudo sobre os símbolos e imagens representativos da região.

Sobre a técnica utilizada na hora de compor as fotos, Lília Roques afirmou que buscou retratar as riquezas do Tocantins com um olhar diferente. "Percebi que na cidade não existia profissionais da fotografia que tivessem o trabalho voltado para design de interiores. Foi a partir daí que comecei a explorar ângulos e perspectivas diferentes para fazer as criações sem cair no que e considerado clichê”, pontuou a artista.

Todo o acervo está à venda e a exposição segue aberta ao público até o dia 17 de novembro, no hall do TJ, em horário comercial.

A Artista

Lília Roques Silva Felipe nasceu na cidade de Gurupi e reside em Palmas há 23 anos. Pioneira na capital, a artista é formada em Publicidade e desenvolve trabalhos como fotógrafa gourmet e documental.