Polí­cia

Foto: Divulgação

Na tarde desta última terça-feira, 21, a Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia de Taguatinga, efetuou a prisão de Weidson S. S.. Ele é o principal suspeito de ter assassinado e ocultado o corpo de Darlan Lima Torres, fato ocorrido em Taguatinga/TO, no dia 7 de novembro de 2017 e foi capturado, mediante cumprimento de mandado de prisão.

Conforme o delegado Márcio Duarte Teixeira, responsável pelo caso, no dia dos fatos, autor e vítima, que já tinham desavenças, se desentenderam mais uma vez, sendo que Weidson, armado com um pedaço de madeira, desferiu vários golpes em Darlan, que não resistiu e veio a óbito no local. Ainda de acordo com o delegado, a vítima foi encontrada enterrada no quintal do lote do próprio autor do crime.

Logo após o encontro do corpo de Darlan, de imediato, os policiais iniciaram as investigações e descobriram à autoria do crime. Ainda no mesmo dia, a autoridade policial representou pela prisão de Weidson, o qual se evadiu do município logo após o crime, refugiando-se na cidade de Campos Belo/GO.

Porém, nessa terça-feira, Weidson apresentou-se espontaneamente, na Delegacia de Taguatinga, acompanhado de seu advogado, oportunidade em que foi interrogado, tendo confessado em detalhes o crime cometido. Logo após, o autor foi conduzido a Cadeia Pública da cidade, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.