Polí­tica

Foto: Divulgação

Para homenagear a ex-reitora da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), Elizângela Glória Cardoso, que faleceu em 24 de junho desse ano, o deputado Paulo Mourão (PT) apresentou na tarde desta quarta-feira, dia 13, um Projeto de Lei propondo que o campus da capital, que fica ao lado da Universidade Federal do Tocantins (UFT), seja denominado Campus Graciosa Professora Elizângela Glória Cardoso.

O PL ainda revoga a Lei Estadual 3.227/2017 que denominava o referido campus como Professor Ruy Rodrigues da Silva. Pela proposta apresentada, o campus administrativo da Unitins passará a se chamar Professor Ruy Rodrigues da Silva. Desta forma, os dois professores são homenageados. Com o projeto, o parlamentar atende a um pedido de um grupo de professores e alunos que o procuraram apresentando um abaixo-assinado, feito por iniciativa dos próprios estudantes, professores e técnicos administrativos para que a homenagem fosse feita à ex-reitora. “Queremos dar o devido reconhecimento que ela merece”, declarou a atual reitora Suely Quixabeira.

De imediato, Paulo Mourão concordou em ser o autor da homenagem que ele considerou justa. “Também compartilho este sentimento, a professora Elizângela era uma guerreira, merece essa homenagem, se dedicava integralmente à Unitins”, disse na ocasião, lembrando o empenho da ex-reitora no processo de transformação da universidade em autarquia pública e gratuita.

Ao apresentar o PL em plenário, nesta quarta-feira, Paulo Mourão voltou a reconhecer o relevante trabalho realizado pelos ex-reitores da Unitins, ressaltando que a propositura visa homenagear ambos, buscando justiça e representatividade aos que muito contribuíram para o desenvolvimento da educação no Estado.

“Esses dois tocantinenses que muito admiramos pela sua história de vida, luta e dedicação em prol da melhoria da qualidade de ensino superior no Tocantins prestaram relevantes serviços à a educação no Estado. Os professores Ruy Rodrigues da Silva e Elizângela Glória Cardoso se dedicaram de corpo e alma ao processo de implantação Universidade Estadual do Tocantins para que a mesma hoje se tornasse realidade”, argumentou.

Elizângela Glória Cardoso

Nascida em Porto Nacional, a professora Elizângela Glória Cardoso morreu no dia 24 de junho de 2017, aos 36 anos, na cidade de São Paulo, em decorrência de câncer de intestino. Formada em Serviço Social e com especialização em Planejamento e Gestão de Projetos Sociais pela Unitins e em Gestão da Clínica nas Regiões de Saúde pelo Instituto Sírio Libanês de Ensino e Pesquisa, Elizângela tem sua história de vida marcada com o comprometimento com a educação. Como reitora da Unitins se destacou como grande gestora e defensora da educação superior pública, gratuita e de qualidade, deixando um legado que marcou para sempre a história da universidade quando a instituição se tornou de fato, Universidade Estadual do Tocantins.

Ruy Rodrigues da Silva

Nascido em Porto Nacional, o professor Ruy Rodrigues da Silva morreu no dia 7 de outubro de 2016, aos 88 anos, na cidade de Goiânia em decorrência falência múltipla dos órgãos. Rui Rodrigues era teólogo, filósofo, sociólogo, escritor, professor e intelectual. Foi ex-secretário de Educação e ex-reitor da Universidade do Tocantins (Unitins), onde dedicou sua vida à educação, à cultura e aos temas ligados à humanidade, tanto no Brasil quanto na Europa e em países da África e na Ásia Oriental, nos 20 anos de exílio político que foi obrigado a cumprir no período da ditadura militar.