Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual Wandereli Barbosa (SD) afirma que o afastamento do prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB) da Prefeitura de Palmas/TO para assumir Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) é uma farsa. Segundo o deputado o prefeito se afastou da prefeitura da capital para enganar o povo tocantinense. "No momento em que o Brasil e o Tocantins passam por uma importante transformação e a sociedade cobra respeito da classe política, vemos o prefeito de Palmas, Carlos Amastha, deixar a gestão municipal para assumir uma entidade, numa artimanha desprezível para enganar o povo", afirma Barbosa.

Segundo o deputado, o prefeito assumiu interinamente a FNP dizendo que fará a defesa do municipalismo, mas vira as costas para a luta pelos municípios. "E não há como negar isso, já que o Amastha sequer faz parte da Associação Tocantinense dos Municípios (ATM), entidade que no Estado tem a responsabilidade de lutar pelos municípios", lembra o parlamentar. 

Amastha até chegou a fazer parte da ATM, mas desfilou-se da entidade depois que percebeu que não poderia controlá-la como era seu interesse. "A ATM é uma entidade democrática, que faz a defesa transparente e cooperativa dos interesses dos municípios tocantinenses, levando em conta a vontade popular, postura bem diferente da autoritária e intransigente usada por Amastha", frisa Wanderlei Barbosa. 

Segundo o parlamentar, a população do Tocantins precisa abrir os olhos ao discurso "enganador do prefeito, que deixa desamparada a população de Palmas que o elegeu, se licenciando do cargo de prefeito, para fazer campanha pelo interior do Estado", afirma Wanderelei Barbosa criticando, ainda, o fato do prefeito levar consigo para o interior secretários municipais que, segundo o deputado, deveriam estar trabalhando na Prefeitura de Palmas pelo povo que "paga seus salários com os altos impostos que Amastha cobra dos palmenses. Amastha claramente cria um personagem tentando iludir a população tocantinense", salienta o deputado.

Wandereli Barbosa ainda critica o gestor dizendo que, em seus discursos, ele se coloca como defensor da boa política, "mas na prática faz o mais baixo jogo de interesses, trabalhando apenas para saciar suas próprias vontades". 

O parlamentar ainda conclamou o povo tocantinense para não se deixar enganar com o marketing bem produzido do prefeito. "Não se deixem enganar. A mudança que o nosso Tocantins e o Brasil precisam passa por retirar da política pessoas que mentem para o povo em busca de saciar seus próprios interesses", concluiu.