Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira, 15, a “Operação Voadeira”, responsável por identificar alguns dos criminosos que cometeram roubos a caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil localizados no Aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues em Palmas/TO e no Centro Agrotecnológico de Palmas durante a feira da Agrotins.

Cerca de 30 policiais federais cumprem 14 mandados judiciais expedidos pela 4ª Vara Federal da Seção Judiciária do Tocantins a pedido da Polícia Federal e Ministério Público Federal, sendo dois mandados de prisões preventivas, um mandado de prisão temporária, seis mandados de conduções coercitivas e cinco mandados de buscas e apreensões nos Estados de Tocantins e Pará.

Os crimes ocorreram na madrugada dos dias 21 de abril e 13 de maio de 2017, sendo que os criminosos renderam os vigilantes do aeroporto e da Agrotins e explodiram os caixas eletrônicos das instituições bancárias e, após a execução dos crimes, empreenderam fuga pelo Lago de Palmas.

As investigações foram conduzidas pela Polícia Federal que contou com o efetivo apoio das Polícias Civil e Militar do Estado do Tocantins.

O nome da Operação se deve ao fato dos criminosos fugirem pelo Lago de Palmas fazendo uso de pequenas embarcações comumente conhecidas na região de Palmas como “voadeiras”.