Geral

A capital federal foi escolhida para sediar a 2ª Conferência Internacional Enerbio de Energia durante os dias 9 e 11 de outubro. O evento acontecerá pelo segundo ano consecutivo na capital por ser o centro da nova fronteira agrícola e industrial dos biocombustíveis, localizada a partir do Triângulo Mineiro, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Pará e Maranhão.

A Conferência Internacional Enerbio dos Biocombustíveis é uma série de seminários e fóruns complementares, todos com o debate centralizado na inovação para o setor. As discussões abrangentes focam tanto no contexto das pequenas como das grandes empresas e nas diferentes formas de organização para a produção de energia renovável.

Esta segunda edição da Enerbio acontecerá no Hotel Blue Tree, e deverá reunir cerca de 15 mil pessoas, durante três dias, interessadas na programação que terá mais de uma centena de palestras e painéis apresentados por autoridades políticas, empresariais, ambientalistas, pesquisadores do meio acadêmico e representantes da sociedade organizada do Brasil e do exterior.

"Trata-se de um encontro de parceiros que possam oferecer infra-estrutura, tecnologia, capital e idéias para o desenvolvimento da economia mundial nos setores relacionados aos combustíveis e à energia", sintetiza o presidente da Enerbio, Ronaldo Knack.

Paralelo à programação de discussões, a Feira Internacional de Agroenergia, Biocombustíveis e Energias Renováveis estará exibindo os lançamentos em máquinas e tecnologias para a produção de combustível e energia limpa.

Da redação com informações Portugal Digital

Por: Redação

Tags: capital, debate, Economia, Geral