Estado

Foto: Divulgação Subsecretário estadual de habitação se mostrou sensível ao movimento Subsecretário estadual de habitação se mostrou sensível ao movimento

"Moradia é direito de todos! Todos unidos pelo loteamento da Praia das ARNOS! O povo unido jamais será vencido!", assim exclamava os membros da Organização Popular de Moradia (OPM) através de gritos de guerra, panfletos e faixas. Toda esta manifestação resumia-se em um só objetivo: Abertura do Loteamento da Praia das ARNOS.

A caminhada saiu hoje às 08:00 da manhã da Avenida JK e foi concluída na sede da Secretaria Estadual de Habitação e Desenvolvimento Urbano. Segundo Antônio Edis, coordenador da OPM, caso o Loteamento da Praia das ARNOS seja aberto cerca de 3.000 mil famílias poderão ser atendidas.

Edcarlos é membro da OPM e para ele além dos lotes e construção de casas, é de extrema importância que o Governo do Estado também disponibilize para o local lazer, posto de saúde, escola, iluminação pública e saneamento básico, para que além da moradia digna as pessoas possam ter também qualidade de vida em seu bairro.

Após a caminhada 60 representantes dos membros da OPM participaram de audiência com o subsecretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Adriano Hermano, juntamente com a equipe técnica da Secretaria, para entregar o abaixo-assinado com quase 5.000 assinaturas que solicita abertura imediata do Loteamento da Praia das ARNOS. Durante a audiência, Adriano elogiou a iniciativa da Organização Popular de Moradia e incentivou a luta pela moradia popular. Segundo ele, a Secretaria interessa em ser parceiro da OPM. O subsecretário Adriano Hermano avaliou o encontro como positivo: "O governo do Estado está aberto para receber os diversos segmentos, ouvir as demandas e avaliar qual a melhor forma de atendê-las. Agora vamos aguardar a formação da comissão para dar continuidade à solicitação", frisou.

"A secretaria disponibilizará à OPM programa de cadastro para ser alimentado pelas informações das famílias já cadastradas na Organização, este cadastro ficará na Secretaria para processos seletivos em programas habitacionais do Governo do Estado", concluiu Erivelton Santos coordenador da OPM.

 

Por: redação

Tags: ARNOS, Avenida JK, Estado, OPM