Estado

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil intensificou o apoio aos municípios da região Sudeste do Estado, que podem ser afetados pela estiagem, por meio de orientação aos gestores e visitas in loco para auxiliar no preenchimento do relatório Avadan – Avaliação de Danos. Seis municípios decretaram situação de emergência e Porto Alegre está finalizando o levantamento de dados.

A estiagem concentra-se na zona rural, causando prejuízos à agricultura e pecuária. Para amenizar os impactos, uma força tarefa foi montada para levar aos os agricultores água potável, por meio de caminhões pipa, e cestas básicas. Os municípios de Arraias, Paranã e Ponte Alta do Bom Jesus decretaram situação de emergência em abril e renovaram a decretação até outubro. Neste mês, os municípios de Dianópolis, Conceição e Novo Jardim também fizeram suas decretações. Chaga a 15 mil o número de pessoas afetadas.

Na última semana, a Defesa Civil realizou um treinamento com representantes das prefeituras para repassar informações sobre a legislação que ampara os municípios em situação adversa e, principalmente, sobre a necessidade de elaborar projetos e alocar recursos para solucionar o problema definitivamente.

 

Por: Redação

Tags: Defesa Civil, Estado, Sudeste do Tocantins