Cultura

O setor cultural em Palmas já pode comemorar mais uma conquista em 2008. É que a Ministério da Cultura (MinC) aprovou o projeto da Fundação Cultural de Palmas (FCP) para a instalação de 10 Pontos de Cultura na Capital.

De acordo com o presidente da FCP, Pierre de Freitas, os projetos contemplados serão escolhidos por meio de Edital e selecionados por uma lista tripartite, formada pelo Ministério da Cultura, Fundação Cultural de Palmas e Conselho Municipal de Cultura. O edital para seleção dos Pontos de Cultura deverá ser lançado ainda este mês, com a presença do secretário de Programas e Projetos Culturais do MinC, Célio Turino. A divulgação dos aprovados ocorrerá no início de 2009.

Para a instalação dos Pontos de Cultura, Palmas receberá do MinC recursos na ordem R$ 1,8 mi (um milhão e oitocentos mil reais), com contrapartida de R$ 600 mil por parte da Prefeitura Municipal. Para Freitas, a instalação dos Pontos de Cultura representará um grande avanço na implementação de políticas públicas de cultura na Capital.

"Nós teremos numa média de 18 mil pessoas para cada Ponto de Cultura, sendo a melhor média nacional. Isto causará um grande impacto na vida cultural e social Palmas. É a democratização do acesso à cultura principalmente para as regiões periféricas, já que a seleção ocorrerá por meio de edital", frisou Freitas.

Pontos de Cultura

Segundo informações do MinC, os Pontos de Cultura são iniciativas da sociedade civil organizada que recebem apoio financeiro do Ministério através de seleção por editais públicos. O Ponto de Cultura é uma ação prioritária do Programa Cultura Viva, sendo responsável por articular e impulsionar as ações culturais existentes nas comunidades.

Ainda segundo dados do Minc, atualmente, existem mais de 650 Pontos de Cultura espalhados pelo país e, diante do desenvolvimento do Programa, o MinC decidiu criar mecanismos de articulação entre os diversos Pontos, as Redes de Pontos de Cultura e os Pontões de Cultura.

Fonte: Ascop