Geral

Foto: Divulgação

O Consórcio Estreito Energia (Ceste) realizou mais uma capacitação para os profissionais de saúde de Estreito (MA) e Babaçulândia (TO), com o objetivo de habilitar os técnicos quanto às maneiras corretas de prevenir e combater a Leishmaniose. Durante o curso foram abordados temas como, formas de identificação do vetor, formas de contágio, sintomatologia, medidas de controle, prevenção e tratamento.

Foram beneficiados nesta capacitação cerca de 150 profissionais de saúde de Estreito e Babaçulândia, entre agentes comunitários de saúde, da vigilância sanitária e ambiental, técnicos e enfermeiros dos municípios. A agente comunitária de saúde do município de Estreito, Marta Auricélia Silva, que já tem no currículo sete capacitações, resultado da parceria entre a prefeitura e o Ceste, com alegria expressa. “O curso enriquece meu trabalho, se não fosse o Ceste eu não teria condições de fazer tantos cursos assim no prazo de um ano e com certificação”.

O objetivo principal do Consórcio é conscientizar à população que recebará as instruções dos profissionais capacitados. Durante os treinamentos, foi esclarecido que a Leishmaniose é uma doença transmitida ao homem por uma espécie de mosquito denominado de flebotomíneos. Os flebotomíneos são insetos muito pequenos, geralmente de cor clara. São conhecidos por diferentes nomes: Asa-dura, Asa-branca, Tatuquira, Cangalhinha, Mosquito-palha, Furrupa, Birigui, entre outros. As fêmeas se alimentam de sangue e podem transmitir doenças, como as Leishmanioses Tegumentar e Visceral, aos humanos, animais domésticos e silvestres.

A doença provoca febre, anemia, indisposição, palidez da pele e mucosas, perda de peso e inchaço abdominal, devido ao aumento do fígado e do baço. As medidas de prevenção contra a Leishmaniose também foram discutidas na palestra, como o uso de repelente, que pode ser extraído do óleo mineral de vegetais, encontrado na região, e também o uso de mosquiteiros de malha fina e de telas nas portas e janelas das residências.

A capacitação foi executada pela Biolex, empresa contratada do Ceste para executar ações de saúde na área diretamente interferida pelo empreendimento, em parceria com as prefeituras municípais. Sendo que, para esta capacitação, a Biolex contou com a consultoria do Doutor Arlindo Serpa Filho, renomado biólogo da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz), que ministrou o treinamento aos profissionais.

Fonte: Assessoria de Imprensa UHE Estreito