Geral

Foto: Divulgação

O Tribunal de Justiça lançou nesta quarta-feira, 03, em Palmas, o projeto TJ Ecovida. Criado com o objetivo de promover educação ambiental e, ao mesmo tempo, homenagear os Servidores do Judiciário em seus aniversários, o TJ Ecovida consiste no plantio mensal de mudas de árvores nativas em várias regiões de Palmas. Cada aniversariante plantará uma muda; nesta primeira etapa serão homenageados os aniversariantes do mês de fevereiro.

O Projeto conta com a parceria da Prefeitura de Palmas, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente e Habitação (Sedumah), que disponibilizará as mudas, indicará os locais apropriados ao plantio e ajudará a cuidar das árvores.

A chuva fina que caía em Palmas no início da manhã desta quarta-feira foi um incentivo a mais para que os Servidores do Tribunal, aniversariantes do mês de fevereiro, participassem do projeto. A Servidora Lindauva Soares Rezende foi a primeira a plantar uma muda de árvore nativa. “Achei a iniciativa muito boa porque estamos contribuindo com a arborização da nossa cidade. Nem o clima chuvoso atrapalhou”, disse.

Nesta primeira etapa, as mudas de árvores foram plantadas às margens do Córrego Brejo Comprido, na Avenida NS 2. “Queremos despertar nos Servidores o contato com o meio ambiente e a importância da preservação”, afirmou a diretora geral do TJ-TO, Rose Marie de Thuin.

Antes do plantio, o Coordenador de Projetos da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Meio Ambiente e Habitação (Sedumah), Antônio Silveira, conversou com os Servidores reforçando a conscientização e o papel que cada um tem com o meio ambiente. “Precisamos somar forças para que as ações se multipliquem”, frisou, complementando que, nesta primeira etapa, foram plantadas árvores frutíferas para que a fauna local pudesse se alimentar dos frutos.

A Servidora Nicéias Batista Coelho, aniversariante do último dia 28 , quer que o projeto aconteça mensalmente. “Tem que continuar, pois estamos preservando e conservando o meio ambiente”; destacou.

Da redação com informações assessoria de Imprensa TJ