Geral

Foto: Dicom/AL

Após a votação durante encontro do diretório do PTB, na noite desta segunda-feira, 31, ficou definido que o partido seguirá a tendência de apoiar a candidatura do ex-governador Siqueira Campos (PSDB).

De acordo com o presidente regional da sigla, deputado José Geraldo de Melo, dos 78 convencionais, 50 fecharam em torno da candidatura de Siqueira, quatro na do governador Carlos Gaguim (PMDB) e 24 votaram em seguir o posicionamento do partido. “A tendência estabelecida é pró-Siqueira”, afirmou.

A decisão, entretanto não é definitiva. A definição real do partido será tomada na convenção estadual do PTB que ficou marcada para o dia 30 de junho às 14h, no mesmo auditório do Hotel Vitória, onde aconteceu a reunião desta tarde.

De acordo com o deputado, ficou estabelecida uma comissão para negociar o espaço do PTB em todas as coligações composta pelo presidente regional, pelo vice-presidente Antônio Jorge e ainda pelo membro da sigla Geraldo Vaz. José Geraldo destacou que o próximo passo dos líderes petebistas é definir qual será a aliança que irá dar o melhor suporte para os candidatos da sigla. “Vamos conversar com os pré-candidatos. Daqui até o dia 30 de junho vamos negociar”, completou.

Posição dentro do governo

Sobre seu futuro na base aliada de Carlos Gaguim, o deputado afirmou que não manterá os cargos que o PTB ocupa no governo, caso o partido opte pelo apoio a Siqueira Campos. “Com certeza, quando tiver uma definição, o partido irá entregar os cargos”, confirmou.

José Geraldo informou, no entanto que o resultado não o surpreendeu. De acordo com o deputado, ele possui um grande conhecimento dos membros de seu partido e já tinha uma noção do resultado da votação de hoje. “Não estou surpreso. Nós conhecemos o pensamento dos nossos companheiros”, frisou.