Polí­tica

Foto: Divulgação

Ao contrário dos outros vereadores da base do prefeito de Palmas, Raul Filho (PT), o vereador Bismarque do Movimento (PT) negou o pedido do gestor e não declarou apoio à candidatura à reeleição do senador João Ribeiro (PR) que nacionalmente faz campanha para a candidata do partido Dilma Rousseff.

Indagado sobre os motivos pelos quais negou o pedido de Raul para apoiar Ribeiro ele disse que não acredita no trabalho do senador. “Os senadores do PT são Marcelo e Mourão que tem com certeza mais capacidade que Ribeiro de representar o Estado, temos que apostar nesse grupo”, disse. “Tanto Marcelo como Mourão são os candidatos que a Dilma estão apoiando aqui no Estado”, frisou.

“O senador não tem nenhum projeto que beneficia as comunidades quilombolas e indígenas no Estado”, afirmou. O vereador mencionou ainda que Ribeiro não tem emendas destinadas aos movimentos populares nem contribui para a reforma urbana nem para a agrária. “Ele sempre defendeu os grandes projetos aqui no Estado mas nunca fez um pronunciamento defendendo a reforma agrária nem a reforma urbana”, disse.

Bismarque negou que tenha desavenças pessoais com o senador. “Não tenho problema pessoas com o senador mas ele como político não serve para o que eu acredito”, disse. O vereador mencionou ainda na entrevista que Ribeiro teve problemas na justiça do trabalho, segundo ele, por ligações com o trabalho escravo.

Bismarque reforça que apoia o ex-governador Marcelo Miranda (PMDB) e Paulo Mourão (PT) para o Senado.

Sobre o apoio dos colegas vereadores da base de Raul a Ribeiro ele afirmou que respeita mais chamou de “erro estratégico”. “Não tem nenhum projeto ligado à gente, é um erro estratégico desse grupo que apoia Gaguim e não aceita o apoio dos senadores da base do governador”,a firmou.“Eles também tem que respeitar minha decisão”, frisou.

Ouça aqui a entrevista do vereador de Palmas e candidato a deputado estadual, Bismarque do Movimento: