Economia

Levantamento da CDL-Palmas (Câmara de Dirigentes Lojistas de Palmas) mostra que a renda média mensal do trabalhador tocantinense cresceu apenas 0,86%, ou R$ 8 em dinheiro, de 2008 para 2009. O estudo da entidade lojista foi baseado na PNAD (Pesquisa Nacional de Amostras por Domicílios), divulgada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em setembro. Agora, o valor médio da renda dos tocantinense é de R$ 935,00.

Na comparação com o restante do Brasil, a renda tocantinense está na 17º colocação. A média dos rendimentos mensais do Tocantins supera todas as registradas na região nordeste do país. Porém, na região norte o Tocantins está muito mal colocado e só tem valores superiores ao do Pará, que tem trabalhadores com rendimento mensal de apenas R$ 810.

Em relação a média nacional de rendimentos, que é de R$ 1.106, o Tocantins está 15,46% atrás. Em dinheiro, a diferença é de R$ 171,00. Na PNAD é possível verificar, ainda, que o índice de crescimento da renda de 2008 para 2009 no Brasil foi de 2,22%, ou R$ 24. O valor monetário, embora não seja muito grande, é três vezes maior do que foi registrado no Tocantins no mesmo período.

Ainda tendo 2008 com base, a evolução da renda dos tocantinenses só foi melhor do que a registrada em cinco estado: Mato Grosso, São Paulo, Alagoas, Pernambuco e Pará.

Homens x mulheres

Tanto a média nacional, quanto os números apurados em todos os estados brasileiros, deixam claro que os homens têm renda superior as mulheres. No Tocantins, a diferença é de 28,04%, a 18ª maior. Em dinheiro, a defasagem da renda das mulheres em relação aos homens fica em R$ 224.

Em 2008, a renda média mensal dos homens era de R$ 985 e, no ano passado, o valor passou para R$ 1.023, um aumento de R$ 38, o que representa uma elevação percentual de 3,86%. Já as mulheres recebiam rendimento mensal em 2008 de R$ 837,00, mas este ano o valor recuou para R$ 799,00. A diminuição em dinheiro foi de R$ 38, o que significa 4,54% a menos.

Nacionalmente, a média de rendimentos mensais dos homens é de R$ 1.252, enquanto as mulheres ganham R$ 896. A diferença, de R$ 356, representa 39,73%.

Maiores rendimentos

O Distrito Federal registrou os maiores rendimentos do Brasil. Os homens do DF recebem em média R $ 2.536, enquanto as mulheres R$ 1.879. Embora haja uma defasagem de rendimento mensal das mulheres em relação aos homens do DF de 34,97% (R$ 657), o valor pago em média às pessoas do sexo feminino do Distrito Federal supera qualquer rendimento de homem das outras 26 unidades da federação.

Empresário

Para a CDL-Palmas (Câmara de Dirigentes Lojistas de Palmas)o detalhamento dos dadosdo Tocantinsda PNAD pode servir como um importante instrumento para o empresário do Estado e da capital gerir seus negócios. Com as informações sobre renda, o lojista pode traçar a política correta para atingir seus clientes, bem como estudar melhores formas de planejamento de outras ações.

"Entendemos os números como uma grande maneira de ajudar o nosso associado. Por isso optamos em detalhar a tabela de rendimentos do IBGE", ressalta o presidente da entidade, Sílvio Cunha.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ CDL

Por: Redação

Tags: CDL Palmas, Silvio Cunha