Esporte

Foto: Divulgação  Chapada das Mesas serve de cenário para encontro de paraquedismo apoiado pelo Ceste Chapada das Mesas serve de cenário para encontro de paraquedismo apoiado pelo Ceste
  •  Base Jumper Sabiá participará do Boogie Chapada das Mesas que tem apoio do Ceste

Paraquedistas de todo o país estarão com suas atenções voltadas para a Chapada das Mesas, em Carolina (MA), nos dias 29, 30 e 31 de outubro. A razão? O maior encontro de praticantes do paraquedismo do sul do Maranhão, batizado de o “Boogie Chapada das Mesas”, que contará com a participação de grandes desportistas do cenário nacional, como Luís Roberto “Formiga”, skatista e paraquedista e Luís Henrique Santos, o Sabiá - único brasileiro a saltar de uma aeronave em vôo sem paraquedas que, durante a queda livre, encontra com outro paraquedista, concluindo assim o salto. Dentro de sua política de incentivo às potencialidades turísticas da região de abrangência da Usina Hidrelétrica Estreito, o Consórcio Estreito Energia – Ceste apoia o evento, que busca reunir atletas profissionais e amadores do Estado, assim como ecoturistas, praticantes de turismo de aventura e a comunidade local, dando grande visibilidade à região.

Promovido pelo Clube Desafiadores do Ar, o “Boogie Chapada das Mesas” já supera as expectativas dos organizadores. É o que afirma a vice-presidente da organização do evento, Vânia Cristina Breda, “A busca pelos cursos e pelos saltos tem sido satisfatória”, ressalta. Ela esclarece que o “Boogie” é a palavra usada para designar os grandes encontros nacionais de paraquedismo.

Além de saltar, “Sabiá” e “Formiga” farão reportagens para a ESPN, canal de TV que se dedica à divulgação do esporte. Também durante “O Boogie Chapada das Mesas”, o base-jumper Sabiá irá saltar de uma cachoeira e inaugurar uma das maiores tirolesas do país, de 1.200m, localizada no Complexo da Pedra Caída. Base-jumper é aquele paraquedista que salta de penhascos, prédios altos, formações rochosas, com um paraquedas específico. Está confirmada, ainda, a presença do presidente da Confederação Brasileira de Paraquedismo, Jorge Derviche Filho.

“A natureza deste evento é muito grandiosa e o Ceste tem apoiado as oportunidade que temos de destacar não só ao Brasil, mas ao mundo, as belezas que temos na Chapada das Mesas”, comenta a Gerente de Projetos Econômicos do Consórcio, Cassandra Gelsomino Molisani.

Programação

Nos três dias do Boogie Chapada das Mesas, haverá curso de paraquedismo (com direito a um salto) e prática de salto duplo. A idade mínima para participação é de 16 anos. “Mas só aceitaremos a inscrição desde que nos seja apresentada uma autorização por escrita dos pais ou responsáveis”, destaca Vânia Breda.

A vice-presidente do Clube Desafiadores do Ar acrescenta ainda que o investimento para as duas situações é de R$ 600,00, com direito a aluguel e dobra de paraquedas, locação de macacão, filmagens e o curso. As atividades ocorrerão no aeroporto de Carolina.

No sábado, dia 30, após as 17h, a programação ganha um novo local: o Estádio Municipal de Carolina, onde ocorrerá uma festa, precedida por saltos de paraquedas. Os ingressos custarão R$ 15,00.

Fonte: Assessoria de Imprensa UHE Estreito