Cultura

Foto: Divulgação

A diretoria da Associação Palmas Hip Hop e colaboradores reuniram-se na tarde do último sábado, 11, para avaliação das atividades deste ano e para levantamento de demandas e programação de atividades para 2011.

No encontro foram citadas as ações realizadas pela entidade, como a realização de palestras, oficinas e apresentações culturais em escolas e festivais em Palmas e no interior. Também foi citada a homenagem recebida durante o Fórum Permanente de Educação e Cultura Afro-brasileira do Tocantins.

Entre os assuntos discutidos na reunião, destacam-se a formatação de uma ação que será realizada em fevereiro, com o título “Hip Hop em Ação Contra o Crack”, além da formação do coletivo de mulheres no hip hop.

Segundo o presidente da entidade, Marcos Antônio Silva, o projeto será diferenciado. “Além da parte cultural que sempre acontecem em nossas ações, queremos discutir com a comunidade, com a juventude e os representantes do poder público o problema das drogas, em especial o crack que tem sido um mal comum em nossa cidade”, informou.

A entidade está elaborando o projeto e em busca de parcerias para viabilização. “Sabemos que todo o evento tem custo, por isso estamos buscando parceiros que entendem a necessidade dessa ação e que estejam dispostos a contribuir conosco”, enfatizou Marcos.

A criação de um calendário anual também esteve na pauta. Segundo o secretário geral, Marcos Vinícius Silva Sousa “esse calendário será aprovado em janeiro, durante a primeira reunião do ano da entidade. Com ele queremos organizar as atividades da entidade, agregar mais parceiros e lembrar das principais datas comemorativas”, informou.

Perspectivas

A entidade solicitou à Câmara Municipal de Palmas aporte de recursos inseridos no orçamento municipal para realização de atividades do movimento hip hop para o próximo ano. Segundo o presidente da associação, Marcos Antônio Silva o hip hop é um segmento que ainda recebe poucos investimentos públicos. “O movimento possui muita aproximação com a juventude, é um importante canal junto a esse público, por isso merece mais atenção”, frisou.

Fonte: Assessoria de Imprensa