Estado

Promovida pelo Consórcio Estreito Energia – Ceste, em parceria com o Arquivo Nacional e as prefeituras dos municípios da área de abrangência da Usina de Estreito, nos estados do Maranhão e Tocantins, “Drama e Euforia – o Brasil nas Copas de 50 a 70” já foi vista por mais de 800 pessoas. Iniciada em novembro de 2010, a exposição é itinerante e passou pelas Cidades de Estreito (MA), Aguiarnópolis, Palmeiras do Tocantins e Darcinópolis (todas no Tocantins). A exposição foi retomada no município tocantinense de Palmeirante.

“Drama e Euforia – o Brasil nas Copas de 50 a 70” traz em preto e branco imagens da participação da seleção brasileira em seis copas do mundo: 1950 (Brasil, vice-campeonato), 1954 (Suíça, eliminado na terceira rodada), 1958 (Suécia, Campeão Mundial, com Pelé e Garrincha), 1962 (Chile, Bicampeão Mundial, sem Pelé – contundido -, mas com o Garrincha, Amarildo e Vavá), 1966 (Inglaterra, derrotado) e 1970 (México, Tricampeão Mundial com Pelé, Rivelino, Gerson, Tostão e Carlos Alberto).

Reconhecido no mundo inteiro como a maior paixão do brasileiro, a história do futebol verde e amarelo muitas vezes se confunde com a do próprio País. E alguns desses capítulos são retratados nessa exposição.

A Diretora de Socioeconomia do Ceste, Norma Villela, destaca que por meio da exposição o Consórcio promove mais uma ação positiva de cultura em sua área de abrangência. “O Arquivo Nacional é um grande parceiro do Ceste. E tem contribuído para difundirmos o que de bom nós temos em nosso país aos moradores dos municípios alcançados pelas obras da Usina de Estreito”, diz Norma Villela.

Em Palmeirante (TO), a exposição “Drama e Euforia – o Brasil nas Copas do Mundo de 50 a 70” ficou em cartaz entre os dias 7 e 11 de fevereiro, na Escola Estadual João Gabriel Aires, das 8h às 17h. A exposição é gratuita e não há limite de idade para os visitantes.

Concurso de Redação

Além da exposição, o Ceste tem promovido junto a estudantes um concurso de redação sobre o mesmo tema da mostra fotográfica. Ao todo, 53 alunos participaram da ação.

O concurso de redação é voltado para aqueles que estejam no Ensino Fundamental (5ª a 8ª séries) da rede pública municipal ou estadual (caso o município não disponha de rede de ensino), com idades entre 11 e 17 anos.

Aqueles que quiserem se inscrever devem fazê-lo até o terceiro dia da exposição e cada escola pode participar com até 10 redações, cabendo ao próprio centro de ensino a pré-seleção dos textos. Caberá à direção da escola e/ou coordenador ou professor efetivar a inscrição das redações, entregues anexadas a uma ficha de inscrição, que pode ser obtida nos locais onde a exposição ocorre.

Os três primeiros colocados de cada município receberão certificados, sendo que o vencedor será premiado com um troféu do concurso. Os nomes dos primeiros colocados serão revelados no último dia da exposição.

Fonte: Assessoria de Imprensa/UHE Estreito

Por: Redação

Tags: Aguiarnópolis, CESTE, Palmeirante, UHE Estreito