Polí­tica

Está sendo aguardado com expectativa o início de uma auditoria através do DETRAN-TO para investigar os motivos que levaram a Associação das Auto-Escolas (Centro de Formação de Condutores) de Paraíso a cobrar junto com o processo de CNH, uma taxa no valor de R$ 35,00, de forma obrigatória dos candidatos.

O assunto foi denunciado e debatido na Câmara Municipal pelo Vereador Neivon Bezerra (DEM), que saiu em defesa da população ainda no início do ano passado, que levou o caso ao Ministério Público e até agora não recebeu nenhuma resposta. O vereador informou que a referida taxa durante esse período continuou sendo cobrada pela associação normalmente, apesar dos questionamentos.

Fiscais do DETRAN do Tocantins estiveram em Paraíso este ano e constataram na própria associação, que a taxa está sendo inserida no processo. Legalmente, nada pode ser acrescentado a um processo dessa natureza sem uma lei específica que justifique a cobrança.

O Vereador Neivon Bezerra (DEM) disse que está sendo denunciado na justiça pela direção da associação das auto-escolas. “Estou sendo processado por impedir a população de pagar uma taxa ilegal”, declarou o parlamentar democrata.

Da Redação com informações da Assessoria de Imprensa/Câmara de Paraíso

Por: Redação

Tags: Câmara de Paraíso, Neivon Bezerra